[FP] - Eric H. Donnovan

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] - Eric H. Donnovan

Mensagem por Eric H. Donnovan em Qua 5 Mar 2014 - 10:17

center>
Eric H. Donnovan



HISTÓRIA

Nascido em Liverpool, Eric Hale Donnovan é um típico garoto londrino, bem comportado e Fofo. Vindo de uma família rica e tradicional de Liverpool teve sua infância marcada pela morte de seu avó Harry. Eles eram muitos ligados por gostarem de músicas de város tipos, e quando seu avó morreu foi um momento trágico na família do jovem garoto. A avó materna de Eric, Beatrice morava na cidade de Lima em Ohio, e após perder seu parceiro, ficou morando sozinha na mansão que residia. Os pais, Marise e Leonard se decidiram mudar para Ohio por acharem que Beatrice estava numa idade mais avançada e não era certo deixa-la morar sozinha.
Eric não havia gostado da ideia e implorou á avó que viesse morar em Liverpool com ele, o que não adiantou pois a senhora idosa não queria deixar a cidadezinha que sempre havia morado com o falecido marido.
Erc já estava no ensino médio quando se mudou para Ohio, ficou muito decepcionado por largar os amigos e seus hábitos mas não tinha outra escolha. Seria transferido para a Carmel High School, recomendado pela sua avó que disse ser um colégio particular, muito organizado e rígido. Eric foi junto de sua mãe á Carmel fazer sua transferência e para conhecer o colégio, o garoto se encantou com aquilo tudo. Começaria suas aulas na semana seguinte e Eric estava um pouco demias ansioso para isso.

DADOS

NOME: Eric Hale Donnovan

DE ONDE É?: Londres, Inglaterra.

IDADE: 17 anos

GRUPO?: Vocal Adrenaline

AUDIÇÃO


Primeiro dia na Carmel, Eric estava nervoso, ele foi até a secretária pedir as informações das aulas. Após ser informado de tudo que precisava saber, ele se pôs a andar e conhecer mais sobre o colégio. Caminhava pelo primeiro andar quando viu um grande tumulto sobre uma sala próxima, ele adiantou os passos até o local e se encantou com o que acontecia ali. Era um coral, um grupo de garotos e garotas que cantavam divinamente fazendo um cover da música One More Night Do Maroon 5. Ele predeu sua atenção ao coral e sentiu uma vontade imensa de entrar no mesmo.

- Com Licença, mas quem são eles?

Perguntou o garoto apontando para o grupo de cantores que se apresentavam ali.

- São os Vocal Adrenaline. São o Clube do Coral da Escola.


- E Qualquer um pode entrar no Clube ?

- Se Tiver Talento, Sim.

Os olhos de Eric brilharam e ele se espantou ao notar toda aquela multidão indo embora, a apresentação havia acabado e ele adentrou a sala e se direcionou a um garoto sentando numa cadeira:

- Olá, gostaria de entrar para os Vocal Adrenaline, se possível.

- Haverá as audições hoje de tarde... compareça lá.


Após aquele momento, passei meu dia me preparando para a audição, e chegado o momento estava confiante, tinha uma voz bonita e deveria confiar nisso. Entrei no palco após um garoto sair e me posicionei, não tinha muitas pessoas apenas dois rapazes e uma rapariga sentados. Respirei fundo e a musica começou a tocar. Cantaria The Scientist, era uma música um tanto que importante para mim:

- Come up to meet you, Tell you, I'm sorry, you don't know how Lovely you are
I have to find you Tell you, i need you, Tell you a searched you apart.


Comecei o primeiro trecho com a voz baixa e suave, minha voz demonstrava a emoção que a letra representava, fechei os olhos e inspirei fundo começando o próximo trecho:

- Tell me your secret,
and ask me you question
Or let's go back to the start
Runnin' in circles
Comin' up tails,
Heads on the Science apart.


Aumentei o tom da voz seguindo o ritmo da música, transpirava a emoção da musica, ia subindo a voz a cada palavra, meu sotaque Britânico dava uma toque diferente mas belo á música:

- Nobody said it was easy
It's such a shame for us to apart
Nobody said it was easy,
no one ever said it would be this hard.
I'm goin' back to the start.


Apesar de que naturalmente minha voz fosse tocada por um fiozinho de rouquidão, essa era a chave que dava mais brilho á canção. Aumentava o timbre da minha voz agora a cada final da frase, cantava serenamente e expressava o sentimento que a musica mostrava, fechando os olhos, sentindo quase uma lágrima a querer escorrer pelo rosto:

- I Was just guessing,
the numbers and figures
Pulling the puzzles apart.
Questions of science
Science and progress,
Do no speak as loud as my Heart.


Continuei serenamente:

- Tell me you love me
come back and haunt me
Oh, when i rush to the start
Runnin' on circles, Chasin' tails
Comin' back as we are


Sorri levemente, minha voz ia aumentando de acordo com o toque da musica, abaixei o tom vocal para o trecho deixando a suave, meu timbre estava baixo e firme e o trecho ficou um tanto dramático, demonstrando emoção:

- Nobody said it was easy,
Oh, it's such a shame for us to part.
Nobody said it was easy,
No one never  said it would be so hard
I'm going back to the start.


Recuperei o que pude de fôlego e continuei:

- Ow wooooooh wowowowo
Ah woooooh wowowowo
Ow wooooh wowowowo
Nobody said it was easy,
Nobody said it was easy.


Terminei a musica num tom suave e segurei a última nota cerrando os punhos pensando em meu avô. A intensidade da minha voz era fixa e etoava por todo aquele salão. Por fim parei. Comecei a respirar ofegante, deixando-o a tal lágrima escorrer lentamente pela maçã do meu rosto. Olhei apreensivo esperando a resposta deles que aplaudiram após eu terminar minha performance. Limpei a cara com as palmas das mãos, e sorri fazendo uma breve vénia, e saindo do local.





____________________





Some Things Don't Change
FRASE OU DADOS AQUI, TANTO FAZ --
thanks ▲

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] - Eric H. Donnovan

Mensagem por Arthur B. H. Sonderburg em Qua 5 Mar 2014 - 14:33





Aceito!

Sua ficha foi aprovada! A partir de agora, você é um membro oficial do RPG. Pronto para postar e conhecer novas pessoas e lugares? Divirta-se ao máximo!

ANÁLISE DA FICHA:

Bem, a ficha não ficou espetacular, incrível, mas também não ficou ruim. Ainda há alguns pontos a se melhorar. Talvez uma escrita mais dinâmica, mas isso vem com prática e ela ficou livre de erros ortográficos, além da interpretação da música ter sido simples e objetiva, mas ainda assim completa.

A história é criativa. Um tanto corrida, mas acho que isso a impediu de se tornar tediosa. Seu modo de escrever é livre de enrolações e redundâncias, de fácil interpretação. Parabéns e bem-vindo! :D

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum