[FP] Maelle K. Braddock

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Maelle K. Braddock

Mensagem por Maelle K. Braddock em Dom 30 Mar 2014 - 21:08


Maelle Klein Braddock



HISTÓRIA

A morena nasceu em 25 de julho de 1999, com o nome de Mia Klein. Sua mãe, Hope, era uma prostituta de apenas dezenove anos, e faleceu durante o parto de Mia, devido a graves complicações de saúde. Com pai desconhecido, a pequena foi criada por sua tia, Julie, que era apenas três anos mais nova que sua mãe.

Julie sentia raiva de sua sobrinha e culpava-a pela morte de Hope. Desde pequena, Mia era forçada a trabalhar nas ruas de Las Vegas, como pedinte ou vendendo doces para os passantes. Muitos eram os que sentiam pena da menina pálida e estendiam alguns trocados como para ela. Mas Mia tinha que entregar todo dinheiro para sua tia, que recompensava toda mentira da pequena com surras. Julie também
castigava sua sobrinha caso ela não levasse certa quantia mínima de dinheiro diariamente.

Sempre que Mia saía pela cidade, punha-se a admirar o luxo dos viajantes, suas roupas, seus carros, os hotéis onde ficavam hospedados. Ela sempre prometia a si mesma que, assim que tivesse a oportunidade, fugiria de sua tia e teria um padrão de vida decente e honesto. Mas, até que isto acontecesse, a Klein teve que aguentar calada todo o peso que Julie estendia sobre suas costas.

Aos catorze anos, ao entrar na adolescência - e começar a adquirir um corpo mais curvilíneo -, Julie forçou sua sobrinha a dançar em casas de show noturnas. Devido a pouca idade de Mia, ela dançava apenas em locais clandestinos, meio escondidos na grande Vegas. Apesar de tomar como uma obrigação, a garota logo descobriu que gostava de dançar e fazia-o bem. Não se importava com os assovios e olhares lascivos que recebia de boa parte da plateia. O que importava é que estava nos palcos e era aplaudida por sua performance.

Algumas semanas depois de completar dezesseis anos, podia ser chamada de dançarina profissional, mesmo sem nenhuma instrução, tamanha era sua dedicação ao trabalho. Em uma noite exaustiva, apresentando um show tematizado em Burlesque, ela prendeu a atenção de um certo garoto na plateia. Aiden era um jovem cantor e guitarrista de Ohio que fora levado até ali por seu irmão mais velho, em uma tentativa de diversão fraternal masculina. Não demorou cinco minutos para que o rapaz interessasse-se por Mia. Ao final do espetáculo, ele tentou alcançá-la antes de ir embora, mas a garota não recebeu-o por medo de que Aiden, exaltado pela dança sensual apresentada, intencionasse machucá-la.

Insistente - e de férias em Las Vegas, tendo o dia inteiro livre -, Aiden Braddock passou um mês indo a todos os shows de Mia, até que ela concordasse em conversar com ele e conhecê-lo. Ela estava surpresa pela perseverança do rapaz, e admirou-se quando viu que Aiden, apesar de rico e um pouco sério demais, era engraçado, gentil e educado. Ele também surpreendeu-se ao ver em Mia duas personalidades; a dançarina forte e independente, e a órfã frágil e assustada. O rapaz logo queria a companhia da pequena diariamente, e chegou a dar algum dinheiro para que Mia entregasse à sua tia e pudesse passear com ele ao invés de mendigar nas ruas - ou coisa pior.

Para Mia, era como se estivesse vivendo um conto de fadas. Aiden nunca tentara beijá-la nem nada parecido, e ela nem queria isso naquele momento. Mas só de ouvir a risada do rapaz, ela se sentia feliz. Ele era um bom amigo, e o primeiro que a garota teve. Podia até dizer que estava se apaixonando pelo Braddock, se não se repreendesse tão arduamente com tal pensamento. Logo, ele iria embora e a morena teria que voltar a sua rotina árdua de dançarina. Sim, pois durante o período que estava com ele, Aiden cobria toda e qualquer despesa que Mia viesse a ter, apesar dos vários protestos dela contra isso.

E o tempo correu, mais dois meses se passaram, e chegou a hora de Aiden voltar para Ohio. Mia passou o dia anterior à partida chorando em seu quarto na casa de shows. O rapaz assistiria ao último show de Mia e pegaria o vôo noturno para casa. Eles passaram três meses juntos, apenas aproveitando da companhia um do outro. Mas ambos queriam mais - apesar de não demonstrarem tal desejo e recear que não fossem correspondidos. Talvez fosse por isso que Aiden estivera tão distante nos últimos dias. Mia temia que ele fosse distante com ela, para não sentir sua falta depois de ir embora. Por isso chorava e chorava, sozinha, sabendo que sua vida não seria mais a mesma sem o sorriso do garoto.

Mas o Braddock tinha outros planos em mente...

Assim que o show terminou, ambos correram para os braços do outro. Mia estava chorando de novo, mas não imploraria para que Aiden ficasse. Seus mundos eram completamente opostos. Sabe-se lá se ele não teria uma namorada esperando em Ohio? O melhor era esquecê-lo e continuar sua vida. Uma vida mais borrada e confusa, mas o que podia fazer? Bem, a morena não podia fazer nada... Mas o garoto, sim. Ele ajoelhou-se em frente a ela e, estendendo um anel prateado, proferiu a frase mágica: "Mia, você quer casar comigo?"

Era uma loucura. Era a maior loucura de todas. Era um sonho impossível virando realidade. Mia o conhecia, mas não completamente... e se ele fosse louco? Violento? Ela podia imaginar uma lista de suspeitas e perigos percorrendo-a junto com o choque das palavras de Aiden. Mas isso podia significar que ele a queria. Queria ela consigo, junto de toda aquela vida difícil de uma órfã mandada e surrada pela tia. E, por Deus, Mia o queria na mesma intensidade. O casamento seria necessário para que ela pudesse ir embora dali e viver com ele depois. Poderia não ser a decisão certa... Mas o "sim" foi claro e emocionado quando a morena puxou o rapaz para seus primeiros beijos juntos.

Casaram-se uma hora depois em uma das várias capelas 24 horas de Las Vegas. Após isso, estavam dentro do avião, indo para a casa de Aiden. Para Mia Klein, ou melhor, Maelle Klein Braddock, ter uma vida nova era um presente de Aiden para si. Ela podia não ter muito a oferecer financeiramente, mas estava disposta a ser a melhor companhia possível para seu novo marido.

Em Ohio, ambos matricularam-se em uma das escolas que acharam mais agradável para se estudar; a William McKinley High School. Iriam enfrentar um colégio novo, enquanto descobriam como era ser casado e estar apaixonado por alguém. Agora, eles estavam juntos e prontos para qualquer situação.

DADOS

NOME: Maelle Klein Braddock, aka Mia Klein.

DE ONDE É?: Las Vegas, Nevada.

IDADE: Dezesseis.

GRUPO?: Cheerios.

SEXUALIDADE?: Hétero.

AUDIÇÃO

-



marapontmercy

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum