[FP] Aaron Von Horkhein

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Aaron Von Horkhein

Mensagem por Aaron Von Horkhein em Sab 26 Jul 2014 - 2:23


Aaron von Horkhein



HISTÓRIA

O que se dizer de mim? Bom não é segredo para ninguém que eu não sei da onde vim e muito menos sei pra onde eu vou, sou perdido na vida e gosto disso não pretendo mudar tão cedo. Minha certidão de nascimento - a original, é claro - diz que eu nasci na Rússia. Mas eu seria um tolo se acreditasse em tudo que papeis dizem afinal se eu realmente fosse de lá eu acho que a essa altura do campeonato eu já saberia. A verdade é que nunca cheguei a conhecer meus pais, alias ninguém nunca chegou a conhecer meus pais ou é o que dizem para mim, mas também nunca me preocupei em investigar para ver se é verdade ou não pois não possuo o minimo interesse nisso. Não me levem a mal mas eu acreditava que se meus pais não me quiseram antes não iriam me querer agora e exatamente por aquele motivo não gostava nem de pensar no assunto. Cresci em um orfanato perto de São Petersburgo onde desenvolvi uma incrível habilidade para causar confusão ou me meter em brigas, é claro que a maioria das crianças evitavam ficar perto de mim quando eu estava irritado depois de um tempo, mas ainda assim existem aqueles que nunca aprendem sabe?!. A melhor parte disso é que eu possuo uma habilidade sem igual para conseguir fugir de confusões e armar "planos" que nunca falharam. O orfanato era dirigido por freiras e ouve uma época em que elas me mandaram passar um tempo em algum lugar longe de São Petersburgo por acreditar que eu estava "possuído" pelo demônio, ao menos aquela suposição das moças de batina fazem qualquer rir até hoje. Eu me lembrava bem do porque aquilo, meus planos eram perfeitos é claro mas certa vez depois de uma briguinha um de meus comparsas resolveu delatar todos nós e me colocou como o "chefe da quadrilha" - não que ele estivesse errado, mas aquilo fez as freiras pararem de achar que a casa era amaldiçoada para achar que o demônio havia me possuído. Pois é, passar quatro meses longe de São Petersburgo com alguns padres estranhos apenas me fez aprender a falar a língua e aprender a ter alguma noção de Latim, não era difícil sabendo que eu tinha uma facilidade para aprender as coisas rápido o único problema era meu deficit de atenção que irritava todo mundo. Quando chegaram a conclusão de que eu não tinha nada além de ser inquieto e extremamente genioso, me mandaram de volta para o orfanato onde as freiras me receberam de volta sem muito animo.

Porém eu também não fiquei muito mais tempo no orfanato, pois alguns dias depois do meu aniversário de doze anos um casal de sobrenome Horkhein resolvera me adotar. Eram um casal de classe devo dizer e realmente tinham a sua fortuna morando em uma mansão, não dizendo que eram incrivelmente podres de rico porque isso não eram, mas o Senhor Horkhein tinha uma grande e promissora empresa que lhes proporcionavam todo o conforto. Quando fui adotado pelos mesmos faltava uma semana para o ano letivo começar no país e mal saímos do orfanato e já me matricularam no sexto ano em uma academia famosa. Eu devo dizer que eu mudei um pouco naquela época, a Senhora Horkhein quis de tudo que é forma me educar para ser um homem de negócios bem sucedido futuramente, mas teve muito pouco sucesso com isso. Na escola eu era um aluno prodígio e atraía sempre vários olhares tanto cobiçosos quanto de inveja, mas também não era para tanto eu sempre conseguia as melhores notas apesar de ter uma incrível queda por festas, bebidas, confusões e qualquer tipo de agito que puderem imaginar. O Senhor Horkhein vivia tendo que lidar com minhas crises de adolescente dizendo que eu era irresponsável, teimoso, genioso, inconsequente e incrivelmente problemático e que jogava no lixo um futuro brilhante já que eu era inegavelmente inteligente e um bom estrategista. O problema era que eu nunca quis mudar entende? Adotei um visual mais moderno e quando fiz meus dezesseis anos já havia tido mais ressacas, ocorrências de algumas pessoas por festas ilegais e aventuras impensáveis que eu poderia me lembrar. Infelizmente naquele ano meus pais adotivos morreram em um incêndio em uma festa da alta sociedade que os mesmos foram convidados a ir e a qual eu recusara para ir em uma balada qualquer com alguns amigos e onde saberia que poderia encontrar variadas bebidas e mulheres.

Quando meus pais adotivos morreram tive de ficar sob guarda temporária de um de seus amigos que descobri ser um tremendo de um interesseiro e não tive muito problemas em desmascara - lo com alguns pequenos esquemas que fizera e quando isso aconteceu passei para as mãos de uma velha conhecida, mas também foi por apenas três meses. É três meses pois logo fiz dezessete anos e pude voltar a ficar sozinho e por incrível meu pai adotivo havia deixado um testamento em que me fazia a seu herdeiro dizendo que esperava que aquilo pusesse algum juízo em minha cabeça. O que posso dizer? Não resolveu de nada aquilo, simples assim. Deixei a empresa nas mãos de seus sócios e apenas ficava com a sua porcentagem nos lucros e gastava quase tudo em festas, garotas e viagens... ao menos até uma aventura inusitada. Para falar a verdade foi aí que as coisas se complicaram... com uma mochila nas costas e cansado da vidinha de sempre resolvera rodar a Rússia levando apenas o que tinha no bolso e na mochila.

Mais esses dias rodando rússia, sai dela indo pra um tipo de escola de musica, porque eu queria dar um repaginada em minha vida, ou ser alguém que meu pais se orgulhem, ou quase lá.
DADOS

NOME: Aaron von Horkhein

DE ONDE É?: São Petersburgo, Rússia.

IDADE: 17 Anos.

GRUPO?: The Warblers

AUDIÇÃO
Finalmente chego o dia de me apresentar, depois de dias esperando, o dia chego... Então logo fui pro colégio, e chegando lá, percebi que tinha muitas pessoas ou sei lá.. e pelo jeito todas irão fazer o teste, Assim entro pra fazer o teste. Passando pelo corredor vi varias pessoas que pelo jeito deve estar se preparando, mais , eu nem vou me prepara e vou apenas ter fé em deus, porque ele é senhor. Emfim cheguei perto da porta do auditório e assim abrindo a porta, o professor estava em umas das primeiras cadeiras da plateia. Fui até o microfone que estava no meio e assim o pegando, dei apenas uma batida no microfone, pra testa-lo.

- Olá, alias boa tarde... Eu gostaria de apresentar uma música do Jason Derulo, It Girl!

Assim coloquei as duas mãos no microfone, fechei os olhos por um minuto pra que lembrasse da musica e cada nota... Meu coração só falto sair pela boca, mais, a hora era aquela. Então abri os olhos.

I've been looking under rocks and breaking locks
Just tryna find ya
I've been like a maniac insomniac
five steps behind you
Tell them other girls, they can hit the exit
Check please...
Cause I finally found the girl of my dreams
Much more than a Grammy award
That's how much you mean to me


Minha voz parecia do Jason derulo mesmo, era um pouco mais estrondosa... mais de menos, e assim olhei fixamente pra plateia, aquela musica me fazia ficar triste e lembrar do passado, graças a isso. Eu queria cantar mais, com que meus falecidos pais tenha orgulho de mim seja onde for.

You could be my it girl
Baby you're the shhh girl
Lovin' you could be a crime
Crazy how we fit girl
This it girl
Give me 25 to life
I just wanna rock all night long
And put you in the middle of my spotlight
You could be my it girl
You're my biggest hit girl


Minha voz ficou mais calma,porém, com um tom de tristeza. Fada parte me fazia lembrar do passado e me fazendo ficar um pouco emocionado, de repente ficando mais seria.


Let me play it loud
Let me play it loud like...
Oh oh oh oh
Let me play it loud
Let me play it loud like...
Oh oh oh oh
Let me play it loud


Já fiquei mais feliz, mais continuando emocionado e minha voz demostro isso, e essa parte me fezando lembrar perfeitamente de minha mãe, putz mano... como ela me fez feliz, ainda mais... uma vez cantei pra minha mãe, e ela adoro, lembrando disso,logo fiz minha voz ficando mais baixa.

You can't help but turn them heads
Knockin' them dead
Dropping like flies around you
If I get your body close not letting go
Hoping you're about to
Tell them other guys they can lose your number
You're done!
They don't get another shot cause you're love drunk
Like a TV show playing reruns
Every chance I get
I'mma turn you on


Chegando no finalzinho dessa parte, aumentei o tom de minha voz e segurei o microfone apenas com uma mão, com a outra mão ergui apontando um dedo apenas e demos o fechei a mão, descendo lentamente pra baixo.

You could be my it girl
Baby you're the shhh girl
Lovin' you could be a crime
Crazy how we fit girl
This it girl
Give me 25 to life
I just wanna rock all night long
And put you in the middle of my spotlight
You could be my it girl
You're my biggest hit girl


A mão já tinha abaixado, e a plateia um sorriso no rosto, tirando um sorriso meu também, alias... pelo jeito deve tá bom, fechei meus olhos e continuando segurando o microfone apenas com uma mão, dizendo um em um tom suave.

Let me play it loud
Let me play it loud like...
Oh oh oh oh
Let me play it loud
Let me play it loud like...
Oh oh oh oh
Let me play it loud!


Abri os olhos, fui caminhando pra perto da plateia, e indo cantando.

Can't seem to stop you from running, running
Through my, through my mind, mind
Just keep it coming, coming
Till I make you mine, mine
You've got that something, something
I wanna be with girl
You're my greatest hit girl
Just say this is it girl

Chegado perto da plateia, olhei fixamente pro professor e cantando suavemente.


Can't seem to stop you from running, running
Through my, through my mind, mind
Just keep it coming, coming
Till I make you mine, mine
You've got that something, something
I wanna be with girl
You're my greatest hit girl
Just say this is it girl

Hey baby
Don't you know you're my it girl


Assim terminei de cantar, olhando pro professor com um sorriso e assim desci do palco, indo pros bancos, esperando o resultado diante de outras pessoas.





____________________

❛Aaron Von Horkhein❜
❛Like Jason Derulo❜ ❛Dance❜ ❛Fuck❜

credits @

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum