Corredores

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Corredores

Mensagem por Stalker em Qui 11 Set 2014 - 23:09

Relembrando a primeira mensagem :

Corredores

Os corredores são lugares com bastante iluminação, esses do térreo não possuem andares, apenas dão acesso as salas dos professores e secretários da escola. Vários armários estão dispostos em todos os lugares nas paredes, todos esses são individuais e a maioria é personalizada pelos próprios alunos.

____________________



The your ghost, the ur image. I'm the stalker!

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Corredores

Mensagem por Dexter F. Schuester em Sex 2 Jan 2015 - 23:20





 
 
 









My Superstar


Não bastasse toda aquela vinda cansativa, ainda tivemos de encarar o desencontro. Sim, tivemos. Não era do meu feitio nem do de Beatrice fazer as coisas separados, porém por uma infeliz força do destino, eis que a primeira vez de isso acontecer chegou. Havia sido infortúnio demais além dos que já tínhamos de aguentar nas últimas semanas. Não gosto de tentar pensar sobre os meus pais, acredito que seja assim com Beatrice também, apesar dela se fazer de durona. Carmel e Mckinlley High, eis o nome da nossa separação e estado atual. Nosso talento sempre foi compartilhado e gostávamos de como as vozes se desenvolviam em cada música cantada juntos. Caminhava com ela pelo corredor do colégio e observava como era diferente dos corredores da Carmel.

Havia um quê de dúvida, talvez de medo nas feições de Beatrice. Embora já se tenham passado vários dias desde que ela estava no Mckinlley, fazia questão de acompanhá-la na escola todos os dias. Como irmão garoto era o certo a se fazer, embora ela fosse a mais velha na contagem dos minutos. Passei o braço direito na cintura e caminhava com ela:- Sabe, acho que precisamos achar algo especial em comum para a gente, bem aqui, em Ohio. - Ela me olha um pouco em silêncio e lembro-me do que havia feito para ela na bolsa. Enquanto isso ela fala sobre Madonna ser a atividade da semana para o seu coral. Madonna era simplesmente uma das minhas cantoras favoritas, tanto que chego ao ponto de me tentar para cantar. Ou melhor, decido que irei cantar com ela, por mais que sejamos de corais rivais. Ao nos aproximarmos da escada, abri a bolsa e puxei algo de dentro. Havia sido um pouco trabalhoso confeccionar aquele colar, mas consegui.

Este consistia num colar feito com pequenos fios de barbantes coloridos trançados e com um pequeno detalhe pendurado. Um aliança dourada se destacava em meio as demais cores utilizadas na confecção. Segurei nas mãos o objeto e ela pareceu saber de onde era a aliança, a julga pela sua face:- Acho que temos a coisa especial da Irlanda, ou pelo menos, agora temos. É a aliança da mamãe, a do papai ficou comigo. - Puxo de dentro da camisa o mesmo modelo do colar. - Tem sido difícil, não é? Mas precisamos levantar a cabeça. Vão-se os anéis, ficam-se os dias. E para quê mais seriam, se não, para serem vividos? - Me adianto a por o colar nela: - E mais algo, hoje faremos Madonna juntos.

dont you hate that?

post #01 // polyvore // #Beatrice // #ND // by loony!

____________________


Dexter Schuester
Yeah, it's true. I am his Hansel. An she's my Gretel. Forever and Always.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corredores

Mensagem por Beatrice Graeff Ohlweiler em Sab 3 Jan 2015 - 1:50


MY LITTLE DEXTER
A vida é feita de altos e baixos. Até tempos atrás, mais altos que baixos, mas agora... Tudo parece baixo. Ou quase isso.
Tio William tinha sido muito bonzinho em deixar a gente morar com ele. Quando digo a gente, me refiro a Dexter e eu, sem exceções. Sempre foi assim, nós, juntos, independentemente da circunstância e agora mais unidos do que nunca. Quer dizer, se não fosse pelo erro que cometemos, nos matriculamos em escolas diferentes e agora estaremos, diariamente, separados durante parte do dia e eu não sei se vou aguentar. Dexter é meu porto seguro, é aonde vejo família. Gosto de parecer forte, mas sou fraca, Dexter não tem vergonha de demonstrar fraqueza e acaba sendo o mais forte de nós dois, meu pilar. Ele quem impede que eu não me afunde em uma depressão tão forte que vá parar no mesmo lugar de nossos pais, no céu. Pelo menos eu espero que eles estejam lá.
Mesmo estando em escolas distantes, geograficamente falando, Dexter fazia questão de sair mais cedo comigo e me acompanhar até o McKinley. Disse a ele que não precisava, mas na verdade precisava sim, não conseguia me sentir confortável ali, num país tão diferente, com pessoas tão diferentes. Ainda bem que ele insistiu. E ainda bem que vejo tio William todos os dias e participo do coral que ele lidera, o que ele me indicou.
E aquela era mais uma manhã de outono, com um vento agradável que me lembrava a Irlanda no verão. Sentia falta da Irlanda, mas jamais poderia voltar, me traz recordações demais. Era um começo de dia extremamente normal. Eu e Dexter andávamos abraçados pelos corredores, estava desligada e só pensava em como faria para concluir a tarefa do New Directions, que era sobre a Madonna, artista que reconheço o valor, mas não sou muito chegada. Era bom ocupar minha mente com isso, precisava de distrações.
- Sabe, acho que precisamos achar algo especial em comum para a gente, bem aqui, em Ohio. - Dexter disse, quebrando o silêncio. Olhei para ele e balancei a cabeça, concordava plenamente. Para nós sempre foi especial cantar, mas não estávamos juntos, não dessa vez. Nossas vozes combinavam de maneira absurda, mas por estarmos em colégios diferentes, participávamos de corais diferentes.
De repente Dexter parou de andar e eu, mesmo sem entender, parei também. Quando olhei para ele, ele segurava em sua mão um colar. Mas não era apenas um colar, era o colar mais bonito que já vi em toda vida! Colorido, bem do meu jeito, e com um objeto tão precioso de pingente que meus olhos criaram lágrimas em quantidades absurdas. A aliança da mamãe.
- Acho que temos a coisa especial da Irlanda, ou pelo menos, agora temos. É a aliança da mamãe, a do papai ficou comigo.
E então ele me mostrou o dele.
- Tem sido difícil, não é? Mas precisamos levantar a cabeça. Vão-se os anéis, ficam-se os dias. E para quê mais seriam, se não, para serem vividos? - Ele colocou o colar em mim. - E mais algo, hoje faremos Madonna juntos.
Não pude acreditar naquilo, não tinha palavras ou forma de agradecer. Agradecer tudo o que ele faz por mim, a companhia, o colar, a ajuda no coral. O abracei da maneira mais forte que consegui, não queria soltar nunca mais. Afastei-me um pouco, sem desfazer o abraço, e o olhei nos olhos, ainda chorando.
- Você é o melhor irmão do mundo!
Beatrice estava com Dexter em William McKinley e usava algo. antes que me esqueça, esse é o post de número 001 e esse template foi feito pela clumsy do sa

____________________

SAM * DIANNA * ALPHONSE * ALEX TURNER
Graeff Power

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corredores

Mensagem por Dexter F. Schuester em Dom 11 Jan 2015 - 17:52





 
 
 









My Superstar


Deixei que meu braços a apertassem forte e passassem segurança no minuto que me abraçou. Era complicado para mim assumir todas aquelas responsabilidades, ser como um pai deveria ser, no entanto, crescemos dependente um do outro, e que irmão eu seria se deixasse toda a tristeza sobrepujar a vontade de ser bom para ela e dar-lhe o conforto que merecia na pior hora? Depositei um beijo em sua bochecha e disse:-Isto faz parte de uma série de algumas coisas, você pode chamar de os presentes mágicos do Dexter. Depois você vai entender. E não, não sou o melhor irmão do mundo, por favor, pare com isso.

-Acho que precisamos nos apressar, caso você queria chegar a tempo de fazer sua lição do coral. Eu tenho certeza de que você não quer, você não curte muito a Madonna. - Deixo escapar uma gargalhada, pois era um traço claro de diferença entre mim e Bea. - Vai ser complicado a questão do coral, já pensou se eles me põe para cantar Mariah Carey? Não suporto ela, porém cantaria pela questão de ser um bom profissional. - Paro brevemente e um pensamento me vem à mente. Ser um bom profissional,mera isso que nos restava, além do fato de sermos boas pessoas na vida. Era o mínimo que podíamos fazer em memória dos nossos pais. - Precisamos ser bons, Bea. Não que não sejamos, mas precisamos ser muito bons. Nossos pais ficariam orgulhosos, pode me entender? - Ela acena positivamente com a cabeça e seguro em seu braço andando. - Ainda bem que eu tenho você, e vice - versa, seria uma tragédia ninguém me entender. Agora vamos ser superstars. - Puxei-a na direção da sala do ND com um certo ritmo na mente.
dont you hate that?

post #01 // polyvore // #Beatrice // #ND // by loony!

____________________


Dexter Schuester
Yeah, it's true. I am his Hansel. An she's my Gretel. Forever and Always.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corredores

Mensagem por Blaine Anderson em Sab 31 Jan 2015 - 14:30

Summer has come and passed The innocent can never last Wake me up when September ends Like my father's come to pass Seven years has gone so fast Wake me up when September ends ❝ Lari ❞
L
ocalizar Lauren Zizes não poderia ser difícil, até onde eu sabia aquela garota era tão discreta quanto um caminhão de 8 eixos explodindo dentro de um sala de aula, bom, eu estava totalmente enganado, a garota parecia não estar em lugar nenhum. Fomos com Sue até o registro da escola para procurar sobre Lauren e a garota continuava matriculada no William McKinley, porém não aparecia nas aulas há quase 2 meses.
-Então, o que iremos fazer treinadora? - Disse para Sue enquanto caminhávamos juntos pelos corredores, chamando a atenção de 90% das pessoas que passavam por ali. -Sabe, será que é mesmo uma boa ideia trazermos a garota de volta? Ela parecia um pneu nos vestidos de competição do New Directions.


____________________


Break Free

This is the part when I say I don't want ya, I'm stronger than I've been before, This is the part when I Break Free, 'cause I Can't Resist it no more!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corredores

Mensagem por Sue Sylvester em Sab 31 Jan 2015 - 14:49

Bring the fat girl back!

And klaine is OTP!

Minha união com o New Directions não era algo que havia planejado, mas quando Kitty decidiu que queria destruir com Rachel Berry não pude deixar de ficar orgulhosa daquela filhote de cobra coral que havia criado, claro ela tinha muito a aprender com a honrosa Sue Sylvester aka euzinha, mas ela estava evoluindo bem apesar de ainda estar com raiva daquela cara de placenta que ela tinha. Parecia que o plano envolvia também trazer de volta pessoas como a Juno e a gorda que até agora eu não lembrva o nome de volta para o coral, eu não dava a mínima para a Juno e seu bebê lagarto agora que ela estava apagando o fogo naquela vagina mais voraz que toda a saga de jogos vorazes dela, mas eu queria destruir aquela cosplay de pirata chamada Viktoria Modesta e se isso ajudaria a destrui-la eu iria ajudar.

Decidi focar em procurar aquela bola ambulante que descobri se chamar Lauren Zizes com um dos meus gays favoritos do colégio, Blaine Warbler, claro que ele não era mais um Warbler, mas para mim sempre participaria do coral que patriocinava RuPaul's Drag Race. Andei pelo os corredores e como sempre o meu exercíto de formiguinhas do McKinley abriam caminho para mim como se eu fosse a própria Tyra Banks. - Caro Chuck Bass, eu sei de muitas coisas, eu sei da coleção de vídeos pornôs caseiros com cachorros do Figgins, eu sei que William Schuester passa banha de porco todos os dias no cabelo para formar aquele cacheado, eu sei até mesmo que os Estados Unidos vai bombardear aqueles terroristas como se fossem batatas para formar um purê, mas se eu sei se trazer Lauren Zizes é uma boa ideia? - Arqueei a sobrancelha falando com desdém da garota jaca que o New Directions queria de volta. - Eu não faço a mínima ideia tampouco me importo, mas todos os corais tem alguma gordinha exceto o Vocal Adrenaline, ganha votos de emoção e mostra que o coral é acessivo para qualquer um, até mesmo os Warblers tem aquele gordinho afeminado, então vamos em busca da nossa mulher jaca. - Expliquei para o garoto que tinha tanto gel no cabelo que provavelmente estava diminuindo o seu pobre cérebro.


____________________

Run bitches run 'cause Sue is here!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corredores

Mensagem por Blaine Anderson em Sab 31 Jan 2015 - 15:33

Summer has come and passed The innocent can never last Wake me up when September ends Like my father's come to pass Seven years has gone so fast Wake me up when September ends ❝ Lari ❞
"
- Caro Chuck Bass, eu sei de muitas coisas, eu sei da coleção de vídeos pornôs caseiros com cachorros do Figgins, eu sei que William Schuester passa banha de porco todos os dias no cabelo para formar aquele cacheado, eu sei até mesmo que os Estados Unidos vai bombardear aqueles terroristas como se fossem batatas para formar um purê, mas se eu sei se trazer Lauren Zizes é uma boa ideia?" - Disse Sue de forma quase automática, eu concordava sem estar prestando muita atenção, meu celular estava desligado e isso me incomodava muito, mas eram "ordens" da Kitty, sabe-se lá porque. "- Eu não faço a mínima ideia tampouco me importo, mas todos os corais tem alguma gordinha exceto o Vocal Adrenaline, ganha votos de emoção e mostra que o coral é acessivo para qualquer um, até mesmo os Warblers tem aquele gordinho afeminado, então vamos em busca da nossa mulher jaca." - Não consegui me aguentar e comecei a rir ao final da fala de Sue, sinceramente, aquela mulher era louca.
-Então, eu sinceramente não imaginava que algum dia nós dois sairíamos juntos para um propósito em comum. - Olho para a treinadora com um sorriso no rosto, mas ela estava olhando fixamente para frente como se não estivesse me ouvindo. -Eu acho que tenho a música perfeita para isso.

Wait 'til you're announced
We've not yet lost all our graces
The hounds will stay...

Olhei para Sue, esperando que ela continuasse o que poderia ser um dueto digno de Grammy e performances no Super Bowl.


____________________


Break Free

This is the part when I say I don't want ya, I'm stronger than I've been before, This is the part when I Break Free, 'cause I Can't Resist it no more!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corredores

Mensagem por Sue Sylvester em Sab 31 Jan 2015 - 15:47

Bring the fat girl back!

And klaine is OTP!

Estava tudo bem, eu até conseguia suportar os integrantes do New Directions apesar de eles estragarem diversas músicas e as suas vozes serem extremamente irritantes então até alguns segundos atrás eu estava confiante que passaria aquele tempo com um deles sem ter vontade de bater na sua cara, mas quando ele começou a cantar não deu. Esses garotos achavam que estavam em um musical da Broadway pra sair cantando em todos os lugares? Paralisei, simplesmente parei de cantar, não achei que nada mais me surpreenderia depois de eu encontrar a Berry cantando uma música na Gaga no banheiro no ano passado, mas parecia que eles não cansavam de me surpreender.

Meus lábios se contorceram em uma careta e meus olhos se arregalaram, virei meu rosto lentamente para encarar aquele pirulito pop com gel do meu lado completamente incrédula, ele não queria que eu continuasse seu momento Troy Bolton, ele não poderia estar pensando naquilo. Segurei com firmeza os ombros daquele adolescente delirante e balancei-o para ver se acordava, dando um tapa em seu rosto para ajudar. - Você está delirando? Ta achando que aqui é High School Musical querido? - Praticamente rosnei as palavras arqueando a sobrancelha encarando seus olhos castanhos. - Você e o seu coral podem cantar até enquanto fazem xixi no banheiro, mas não conte comigo para participar dessas coisas. - Balancei um pouco mais o garoto pelos ombros para ele acordar de seus delírios juvenis.

____________________

Run bitches run 'cause Sue is here!


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Corredores

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum