[FP] Peter H. Strauss

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Peter H. Strauss

Mensagem por Peter H. Strauss em Sex 5 Dez 2014 - 15:45


PETER STRAUSS



HISTÓRIA

Eis que mais um forasteiro caminha pelas terras do centro-oeste estadunidense. Mais um, talvez, entre as centenas que estão ali contra sua vontade. Sim, pois quem, em sã consciência, trocaria toda uma vida fora dali para viver em uma cidade de quarenta mil habitantes - quase um vilarejo, se comparado à New York -? Ninguém com um pingo de amor-próprio, poderia-se dizer.

Pois simplesmente estar em Lima fazia-o lembrar de que ele tivera tudo.

E perdera.

Um suspiro de submissão. Estava apenas enfrentando as consequências de seus próprios atos. Peter Hermann Strauss, dezenove anos, ex-presidiário, renegado pela família, luta agora para reconstruir sua vida do zero. Sem casa, sem emprego, tudo parece estar contra ele. Uma onda de azar? Um tsunami, talvez.

[...]

Mas vamos aos fatos.

O rapaz cresceu em New York, filho de famoso promotor judicial e desembargadora federal. Teve infância e adolescência com tudo que o dinheiro poderia lhe oferecer. Desde o começo, sabia que seu futuro era formar-se em Direito. Mas essa não era sua vontade, o que ocasionou conflitos durante anos em sua casa. Criou uma banda de grunge e fez relativo sucesso, tocando em casas noturnas de público seleto algumas vezes.

Ah, aquela fase rebelde... Todos que sobreviveram à adolescência podem admitir que já tiveram ânsias de andar de roupas rasgadas, beber, fumar e experimentar tudo aquilo que seus pais não querem que façam. Acontece. Não foi diferente com o Strauss. Ele afundava-se em uma espiral autodestrutiva, o que comprometeu suas notas e sua imagem perante a sociedade. Inadmissível.

Seus pais gastaram muito dinheiro para manter a impressão de família feliz-normativa, e culparam secretamente o garoto perdido. Tiraram seus privilégios, seu celular,fizeram-no ser aquilo que ele deveria parecer. O rapaz perfeito. Foi difícil. Levou tempo. Ele até parara de frequentar a escola, e seu pai teve que pagar aos professores para que Peter pudesse passar de ano.

Frustrante. Ele não queria mudar seu jeito de ser. E as brigas continuaram.

Ah... Se ao menos naquela época ele soubesse o quão ruins os acontecimentos poderiam ser... Ele acalmaria-se.

Mas não. Ele não sabia.

[...]

Dezesseis anos. Segundo período do colegial. Sexta-feira. Uma festa regada a eletrônica e álcool na casa de alguém aleatório da escola. Peter fugira de casa para estar ali, horas antes. Agora, visivelmente bêbado, ele prensava contra a parede uma garota qualquer que andara sorrindo para ele. Tentava passar as mãos por dentro da saia dela, que também já estava com um alto nível de álcool no sangue.

"Vamos para um quarto", ela disse.

Fresca. Ele não queria subir. Para quê? Todos seus conhecidos já estavam agarrando-se em cada canto disponível. Ele podia simplesmente mostrar o dedo e ir procurar outra disponível. Mas ela olhava para Peter de uma maneira tão convidativa, que foi impossível resistir.

Já no quarto vazio, ela trancou a porta e afastou as mãos dele, que iam em direção a seus seios.

"Olhe isto."

Mostrou a Peter um saquinho cheio de certas pequenas pastilhas. Ele, admirado, ajudou-a a abrir a embalagem para que pudessem drogar-se.

[...]

Dez minutos. Foi o suficiente. E lá estavam eles, frenéticos, arfantes, tirando suas roupas, jogando-as para longe, tocando um ao outro. Alucinante. Um sonho.

O tempo perdeu o significado. Parecia que passavam-se horas, mas o ponteiro do relógio não completara seu minuto. Eis que Peter levou suas mãos ao pescoço dela.

"Me avise quando parar."

Ela hesitou. Tentou livrar-se. Mas ele estava por cima, mantinha o controle. Sussurrou, convenceu-a. Ela avisaria quando parar.

E o tempo passava. Ou não?

E a pressão das mãos de Peter nas vias respiratórias da garota aumentava.

Pobre garota. Se ela soubesse...

Ele já não a via. Estava perdido em um mundo próprio cheio de luzes, sons, e o prazer que inundava seu corpo. Na excitação do momento, concentrou suas forças em suas mãos, extasiado.

Sentia, mas não sentia, alguém segurando suas mãos, tentando afastá-las do alvo. Pequenos tapas, unhadas...

Talvez tenha segurado-a muito forte.

Talvez devesse ter pressentido os sinais. Mas como podia? Ele nem estava... ali.

Mas, quando percebeu, era tarde demais. A garota, inerte, ainda quente, olhava-o estarrecida. Horrorizada. Os lábios entreabertos, mas sem emitir som. Nem piscar piscava. E como poderia?

Já estava morta.

[...]

Ele encarava aquela construção que seria seu novo colégio pelos próximos três anos. William McKinley High School. A primeira escola em um raio de quinhentas milhas que não fechara as portas para ele ao ouvir seu nome. Peter agora era famoso... não era o que ele sempre quis?

Sim, mas não deste jeito. Não sendo tratado como um criminoso.

Ele passou a mão direita pelos cabelos curtos, corte este que refletia sua vida até ali, na prisão. Três anos perdidos por culpa de uma loucura qualquer. Agora, com dezenove anos - talvez um dos mais velhos estudantes do colégio? -, deserdado pela família, sem perspectiva alguma em seu futuro, ele só queria começar de novo. E, desta vez, queria tomar as decisões certas.


DADOS

NOME: Peter Hermann Strauss.

DE ONDE É?: New York.

IDADE: Dezenove anos.

GRUPO?: Titans (WMHS).

AUDIÇÃO

Se for fazer parte de um coral, faça aqui sua audição. Pegue uma música que goste, e poste as partes separadas pelos versos/estrofes, seja lá qual for o nome das repartições (e.e), e descreva detalhando cada uma das partes. No final, diga que se sentou, esperando as outras audições, para aguardar o resultado, o qual virá com a avaliação.

Adultos & Crianças
Caso deseje ser Adulto ou Criança, deverá Fazer um Post de ação, interpretando seu personagem, normalmente em uma situação aleatória, que pode ou não servir como complemento de sua historia (trama). Esta Postagem é obrigatória e tem como fundamento avaliar sua capacidade para fazer parte do grupo desejado. No mínimo 15 linhas.






____________________


i don't have any big dreams

 
 
 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Peter H. Strauss

Mensagem por Dianna E. Voss-Ohlweiler em Dom 7 Dez 2014 - 15:32


words like a gun.
Well, vamos para a crítica de ficha e avaliação.

Sua história me prendeu, como se eu desejasse vê-la em páginas de algum livro dramático, com pitadas de suspense. E na real, eu quero mesmo. q  Mas... Vamos ver duas coisinhas essenciais para a sua futura aprovação.


* Idade: Nesta idade, seu personagem já deve pertencer aos grupos de forma única: "Adultos", "Professores" ou fazer parte de alguma de nossas universidades.

* Grupo: Os Titãs foram desativados por motivos de escassez, falta de membros, em outras palavras.

Se não deseja ser adulto, universitário ou professor, peço-lhe que siga um dos conceitos a seguir.

- Mude sua história, adicionando ou não fatos novos, que comprovem sua jovialidade.

- Escolha uma nova idade e um novo grupo.

- Sobre os Titãs, posso tratar com a staff do retorno do grupo, onde todos os membros terão de se comprometer em postar treinos em quinzenas, caso contrário, será completamente excluso. Aguarde o contato, se não optar por outro.

Suponho que a segunda alternativa seja mais viável, e lucrativa para seus fins no rpg. Qualquer coisa, procure a staff. Estamos a sua disposição.

I can see you breaking down. The end to a falling out.
rude girl!


____________________

Climb on board
We'll go slow and high tempo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Peter H. Strauss

Mensagem por Dianna E. Voss-Ohlweiler em Dom 7 Dez 2014 - 18:32


____________________

Climb on board
We'll go slow and high tempo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Peter H. Strauss

Mensagem por Peter H. Strauss em Seg 8 Dez 2014 - 15:09

Obrigado pela atenção, Dianna.

Creio que corrigi minha ficha satisfatoriamente. Minha idade foi alterada para dezenove anos. Aguardo apenas sua aprovação para solicitar minha entrada nos Titans como indicado em seu post.

____________________


i don't have any big dreams

 
 
 

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Peter H. Strauss

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum