Köhler, Isaac ─ Terminada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Köhler, Isaac ─ Terminada

Mensagem por Oliver Niels. Bremmenkamp em Sex 29 Maio 2015 - 16:59


Isaac

─ Nome Completo:
Isaac Beckerman Köhler

─ Idade:
18

─ Escola:
Winterfield Academy

─ Grupo:
Estudantes

Personalidade:

Logan tem uma atitude muito passiva, calma e aparentemente apático. Junto com sua atitude passiva, parece sempre "economizar energia" e nunca exerce esforço em qualquer coisa menos que seja absolutamente necessário; chegando assim fora como preguiçoso. Além disso, por causa de sua atitude, fala pouco e raramente grita e fica com raiva, mas ele parece ficar irritado com frequência, e também raramente sorri e nunca viu rindo. Apesar da personalidade de conservação de energia de ele é capaz de apreciar louvor, e demonstrou ter uma tendência de exercer mais do que ele normalmente dá quando dado um feedback positivo. Na sua opinião, acha que a sua qualidade perfeita é que não tenta ser um garoto chamativo, assim não querendo a atenção de quem passa, muito pelo contrário, não quer ser muito conhecido, assim tendo uma vida bastante tranquila, pacífica e quieta. As vezes demonstra ser um garoto com auto-estima baixa. Algumas pessoas que o conheciam questionavam o seu jeito de ser, porque o mesmo não queria nem mesmo fazer nada, algo como comparecer as aulas ou ajudar. Demonstra ser um garoto muito desanimador, assim tendo uma autoestima bastante baixa, que causa estresse nas pessoas que estão ao seu redor, assim por um tempo acabam se afastando ainda mais dele. E também demonstra ser um garoto estressado, não sendo toda hora, isso acontece raramente, mas dependendo do que está acontecendo ao seu redor ou do seu humor no momento. E seus gostos são de certa forma interligados, pois adora lugares vazios, e na maioria das vezes andar sozinho. Seu maior desgosto são pessoas que sempre acabam tendo pensamentos impuros ao querer fazer alguns tipos de coisas, qual é o problema de dar na cara o que quer, mas isso apenas se questiona quando querer usar a pessoa para algum fim maligno, sendo algo ousado, ele não questiona, até porque mesmo ele é ousado com sua namorada.

História:

Isaac é filho único de Faye e William Köhler. O menino nascerá em Nova York, mas ainda quando criança seus pais se mudaram para Miami, seus pais nunca tiveram muito tempo para ele, apesar de sempre quererem estar ao seu lado. Mas as muitas viagens que ambos faziam a serviço nunca os permitiram ter muito tempo com o pequeno garota, que acabou se acostumando com tudo aquilo. Por causa disto o garoto, criou um comportamento um tanto apático em relação a todos, nos intervalos de suas antigas escolas sempre ficando solitário em um canto do corredor sempre ali.

Aos poucos, mesmo que sem ele querer acabou fazendo alguns poucos amigos ao qual considerava quase como irmãos, ao qual nunca pode ter por causa do pouco tempo de seus pais. Após uma briga em que o garoto havia se metido por causa de um de seus amigos, pela terceira vez no ano e ferir o menino com socos em seu rosto o garoto fora expulso da escola, o que lhe rendeu á atenção de seus pais, nem mesmo que fosse por algumas horas. Aquela havia sido a última vez que o garoto iria aprontar uma daquelas novamente, o garoto na maioria do tempo era sempre fechado e quieto, nunca demonstrando um sorriso. Seus país chegavam a ter um pouco de medo daquela atitude do garoto que apenas tinha demonstrado o jeito simpático dele com uma menina ao qual era apaixonado.

Após ela se mudar para outro país, o garoto simplesmente se fechava quando ia falar da menina que um dia ele havia simplesmente se apaixonado. Na manhã seguinte os olho do garoto se abriram e a frente dele, estavam seus país como sempre mostrando preocupação com o garoto que tinha alguns ferimentos pelo rosto, que já haviam ganhado uma coloração roxa. O menino olhava para ambos que estavam um tanto aflito, já sabendo da nova escola para qual iria mesmo contra sua vontade. Isaac, nunca se dera muito bem com atores e aqueles ricos, até certo ponto iguais a ele, mas muito mas esnobes e não gostava nada da ideia.

Ele tentara discutir, mas de pouco adiantou. Quando menos percebeu já estava no carro a caminho da academia de Winterhill, seus olhos acompanhavam a paisagem e o vento batia em sua pele branca, acalmando o nervosismo que ele tinha naquele momento, não sabia o que poderia encontrar no lugar o que o fazia acreditar que seria bom para o mesmo ao menos algum dia conseguir voltar a sentir um pouco daquilo que ele havia sentido com, Nicoli. O carro fora cessando a velocidade, logo encostando, enquanto da janela ele observava o local cautelosamente adentrando saindo com as mãos escondidas no bolso de sua calça dando um suspiro.- Então... Acho que vou ter que ir né? - Perguntou, desviando o olhar novamente para a academia e caminhando, despedindo-se.
"Frase de sua preferência, apenas não seja grande demais".

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum