KEMPNER GOULD HELL, SKYLAR

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

KEMPNER GOULD HELL, SKYLAR

Mensagem por Sky H. Gould Kempner em Sab 6 Jun 2015 - 20:26


Skylar

─ Nome Completo:
Skylar Hell Gould Kempner

─ Idade:
16 anos

─ Escola:
WA

─ Grupo:
Dancer

Personalidade:

Mimada, rica e poderosa são bons adjetivos que podem pertencer a Skylar. Gosta de moda, roupas, acessórios, tudo o que uma mulher de verdade gosta. Faz compras na maioria do tempo livre, aproveitando a liberdade que ganhou quando os pais se separaram. Morando com o pai, ela poderia ter o que quisesse na hora que quisesse, bastava apenas pedir. A loira aparenta ser egoísta e totalmente durona para com quaisquer pessoa que chegue perto dela, parece até que tem veneno. Mas, poucos sabem, que na verdade ela pode ser bem mais do que aparenta. É um doce de garota, além de saber conquistar olhares...

História:

Chovia de forma intensa na madrugada de Washington - DC. Eles estavam na limousine, chegando do aeroporto da cidade, indo para a mansão que se hospedariam. Viajavam por negócios, como de sempre, nunca paravam num só lugar. Eles se mudavam, as vezes de mês em mês, as vezes de quinze em quinze dias. Mas agora era diferente. A Sr. Gould, estava grávida. A família receberia mais uma menininha, com apenas meses de diferença de Shannon, a outra filha, e tinha diferença de 3 anos para com o filho mais velho, Liam. Estavam nas portas da mansão, quando ouviu-se o grito da mulher entrando em estado de parto. Os gritos sufocantes de tortura irritavam os ouvidos de qualquer pessoa por perto dela, mas ela não poderia parir ali. Entraram o mais rápido que puderam na mansão, para que alguém fizesse o parto. O hospital estava longe demais, e o bebê já estava saindo. Um tempo depois, ela nasceu com a ajuda dos empregados da casa. Era uma linda loira de olhos fechados, mas quando abriram foi possível ver a incrível semelhança dela com a irmã. Olhos azuis arregalados, ela nasceu com saúde e aparentava trazer apenas felicidade para a família.

Agora em Miami, com 5 anos, Sky e Shannon viviam em brigas por bonecas, por brinquedos, afinal, a diferença de idade era extremamente pequena, gerando assim um laço maior entre elas. As brigas do casal aumentavam de forma drástica, parecia que o casamento iria para o zero a qualquer instante. O por que das brigas? Era impossível Sky ser filha do mesmo pai, com apenas poucos meses de diferença, sendo que nem se quer os dois tiveram uma relação sexual por indicação médica. Ele estava desconfiado e determinado a descobrir o que era aquilo, o que houve. Se fora traição ou ela engravidou do Espírito Santo. O que mais parecia ser, era traição. Mas com quem? E onde? Já sabia que ela era envolvida com álcool, mas não acreditava o fato de ter sido chifrado. Acabou por descobrir, chantageando tirar-lhe a guarda das meninas, que engravidou do seu melhor amigo e braço direito, onde estavam a 5 anos atrás. Ele saia pra trabalhar cedo e voltava as vezes de madrugada, fazia sentido. As crianças tinham babás, ela poderia sair a hora que quisesse. Os pauzinhos se mexeram. No mesmo instante, diante de choro e sofrimento, ele a expulsou de casa.

Os três filhos ainda se perguntavam, o que houve, por que mamãe foi embora, mas nada o anfitrião dizia. Parecia mais fechado do que nunca no próprio escritório. A empresa ainda ia bem, mas o dono parecia nada bem. Ele queria mais que uma simples separação. Queria vingança. Tentou de várias formas atingir a mãe, tanto que nunca deixou a mesma ver os filhos novamente. Principalmente descontou em Sky, que não era filha dele. Tanto que Skylar fugiu de casa, indo viver com amigos aos 14 anos de idade. A casa parecia estar destruída. Nada mais fazia sentido. Era como se um tijolo estivesse faltando.

(...)

Dois anos após o sumiço da mais nova, ela reaparece ao lar, mas dessa vez era diferente. Ela estava com piercing e tatuagem, respondona e parecia feder. Os únicos com quem trocava palavras eram sua irmã, Shannon, e seu irmão, Liam. Era os únicos em quem confiava. Nada e nem ninguém fez ela mudar a ser a mesma irmãzinha mimadinha e amorosa. Era rebelde com todos. Até ela mudar por si, vendo a destruição na casa ela voltou a ser a mesma. Mas estava mais decidida do que nunca que iria ficar cada vez mais pior. Parecia que estava amorosa e toda gentil, mas toda vez que ela era boa, ela queria algo em troca de valor maior. Suas atitudes fizeram seu pai colocá-la na Winterfield Academy, para que voltasse a ser a filha que ele tinha antes da separação. Ele agora a tratava de forma que parecia que ela era filha dele, mas continuava se trancando no escritório. O luxo para a família parecia crescer cada vez mais, o dinheiro que eles investiam na empresa, parecia vir dez vezes maior, ou talvez mais ainda. Entrou para a Dança no WA, onde se destaca como uma das melhores de lá. Queria mais do que se destacar, queria viajar para apresentar a arte da dança, mas não gostava das outras pessoas da dança, achava ser a melhor, sabia que era a melhor e nunca excitou em dizer. Tinha poucos amigos, mas eram os que ela mais protegeria em Miami.

A cidade novamente era delas. E ninguém poderia inverter isso.

"Não importa onde estamos nossa mente é nosso lar".

____________________


 
 
  

.soph.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum