[FP] WALCOTT, Joey Sünt

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] WALCOTT, Joey Sünt

Mensagem por Brad A. Dempsey em Dom 14 Jun 2015 - 8:47


Joey

─ Nome Completo:
Joey Sünt Walcott

─ Idade:
17 anos

─ Escola:
Winterfield Academy

─ Grupo:
Esportistas

Personalidade:


Alegre a maior parte do tempo, sabe se adaptar aos modos que as pessoas ao seu redor se portam, seja em uma rua da comunidade de exilados cubanos ou em qualquer evento da alta classe de Miami. Por trás de uma capa onde mostra carisma, animação e piadas ruins tentando ser engraçado Walcott esconde suas decepções e tristezas.


História:


Eu sou o Joey, nasci no Miami Children's Hospital, hospital localizado no centro de Miami. Desde pequeno cresci assistindo jogos do Heat e enchendo o saco de minha mãe para que me levasse no American Airlines Arena. Antes de continuar contando minha história é importante falar dos meus pais. Barbara Sünt Walcott, colunista da Miami New Times. Mais ou menos como mostrado naquele filme Marley & Eu, Barbara contava histórias de sua família, eventos que ia, coisas que gostava e por incrível que pareça isso ganhou bastante a repercussão e ela continua ainda por hoje contando suas histórias no jornal. Barbara conheceu Jenko ainda nos tempos da universidade, Jenko Alain Walcott o típico jogador, astro e por incrível que pareça ele era bastante quieto, diferente do esteriótipo de esportistas que geralmente são mulherengos e festeiros. Certamente eu tenho como inspiração, não só um como os dois, eles formam o casal perfeito, um completa o outro.

Em Novembro de 1997 eu nasci, sou filho de uma jornalista em ascensão e de um dirigente do Miami Heat. Não teria como não ser torcedor do Heat e freqüentemente ir ao estádio assistir os principais jogos do time de Miami. Nunca tive muitos motivos para reclamar da minha vida, tinha uma vida financeiramente agradável, socialmente não era de muitos amigos, mas nunca estava sozinho. Procurava sempre manter a minha alegria, mesmo com piadinhas ruins e coisas idiotas.

Com alguns anos passados dona Barbara e Jenko decidiram que para um garoto que tinha no sangue o esporte a melhor escola para se entrar seria do estilo vitoriano, que buscava mais as artes do que uma escola onde a disciplina era o foco principal. Evidente que em menos de um ano já dava para perceber que naquela escola eu não teria futuro algum no mundo esportista e exigente dos americanos. Não era tarde para corrigir o “erro” e logo fui transferido para a escola rival Winterfield Academy, onde a disciplina e o estilo militar prevalecia era lá que eu poderia encontrar a minha glória direto para algum time ao terminar os anos de período escolar. Tinha alguns conhecidos dentro do colégio, o que foi de muita ajuda para me enturmar com a galera. Todos dentro daquele lugar procuravam se esforçar cada vez mais e o que me deixava mais feliz era poder fazer com o que eu cada vez mais me superasse para me tornar o melhor no que eu faço.

O impossível é apenas o não alcançado.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum