HEINRICH TURNER, Jason

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

HEINRICH TURNER, Jason

Mensagem por Jason H. Turner em Qua 17 Jun 2015 - 19:07


Jason

─ Nome Completo:
Jason Heinrich Turner

─ Idade:
17 anos

─ Escola:
Newtt McKinley High School

─ Grupo:
Esportistas

Personalidade:

Dentre todas as características as quais compõem e determinam o comportamento de Jason, destaca-se, indubitavelmente, o teor irascível das suas atitudes. É relevante frisar: ele é dono de uma índole controversa, corroborada pelas constantes oscilações de humor do rapaz em episódios corriqueiros. Dotado de uma mente impulsiva e desprovida de complacência, o loiro é o típico indivíduo predisposto a agir antes mesmo de analisar o panorama em si. A conduta errática jamais pareceu-lhe um empecilho. Ademais, vale ressaltar o orgulho exacerbado dele no modo de encarar os fatos, além da displicência das próprias ações. A princípio, parece uma lástima conhecê-lo; Jason, contudo, é um adolescente sociável, capaz de se relacionar facilmente através da desenvoltura sagaz. Quando não o odeiam, o garoto consegue angariar o respeito alheio facilmente. Sempre preferiu agir com naturalidade, afinal, e ao menos isso é um sinal de integridade. Por outro lado, é impossível negar, também, a acentuada inclinação para as bebidas alcoólicas, um dos grandes passatempos do estudante. Outrossim, é um fã ardoroso de esportes – em especial o futebol americano, do qual pratica desde os primórdios de sua existência. Em suma, Jason é indivíduo de extremos; basta relacionar-se devidamente com ele para conseguir captar a sua essência.

História:

Oriundo de uma família abastada de Austin, no Texas, o pequeno Jason nascera em meados de fevereiro, numa noite cálida e insidiosa. Através dos berros reverberando pelos corredores do hospital, o recém-nascido se expunha ao mundo pela primeira vez, e logo tão cedo trazendo consequências. Não fora uma ocasião fácil, aquela; após uma longa batalha ante o esforço concedido para conferir vida ao único filho do casal Turner, a mãe sucumbira poucos minutos após o parto. Sendo assim, o rapazote se viu desprovido da figura materna durante o crescimento, o que ocasionou-lhe um proeminente desequilíbrio no comportamento logo cedo.

O pai, demasiado ausente – e inconsciente dos primeiros indícios do temperamento explosivo de Jason à medida que este desenvolvia-se –, era um cidadão excessivamente ocupado com seus próprios negócios milionários, embora tentasse compensar os infindáveis minutos de distância por meio de regalos ao filho. Funcionaram no começo, é evidente; qual criança não se deleita diante de um presente ostensivo? Contudo, a carência de afeto começou a ser sentida gradualmente, o que refletiu nitidamente na formação de caráter de Jason.

Sendo o tempo deveras implacável, este transcorreu desenfreadamente. Da infância à pré-adolescência, o garoto de fios loiros revoltos foi tornando-se distante, imprudente em determinados instantes do cotidiano e passou a adquirir uma generosa parcela de impetuosidade como maneira de impor-se contra os contratempos habituais dos quais qualquer pessoa precisa lidar. Quando alcançou a fase da puberdade, iniciaram-se os primeiros desvios de conduta severos do rapaz: comportamento inadequado na própria casa, intrigas constantes ante os colegas de escola e um verdadeiro desleixo à figura que se tornava. Afundou-se nas bebidas alcoólicas, frequentou festas clandestinas e deixou-se levar pelos vícios indevidos dessa época.

Exasperado diante do comportamento detestável do único filho, Richard resolveu tentar remendar a conjuntura. Primeiro optou pelo diálogo, em vão. Jason definitivamente não o escutava; na verdade, agia à maneira mais ríspida com o pai, culpando-o por todos os problemas atuais pelos quais passava. Após uma ríspida troca de acusações, ambos resolveram se afastar por um tempo, evitando-se sob o teto da mesma residência. Pouco mais de uma semana passou-se, e Richard novamente trouxe à tona uma leva de diálogo, dessa vez com um tom austero de decisão. – Você irá para Miami, entendeu? E, nesse período longe, cuide de repensar os seus atos precipitados, garoto. Não considere um castigo, pois tratarei de instalá-lo em um bom colégio e uma ainda melhor moradia. Fui claro? – Jason assentiu a contragosto, sentindo-se apático pela decisão do pai, mas redarguiu: – É do seu feitio livrar-se das coisas assim, não é? Sempre radical demais. Dane-se! – Arfando de indignação, Jason deixou o recinto, preparando-se mentalmente para as ocasiões por vir.

(...)

Semanas se passaram e com estas adveio a nova vida do rapaz. Agora alojado em um apartamento de luxo nas cercanias de Miami e matriculado na Newtt McKinley High School, Jason pegava-se constantemente pensando que talvez o pai estivesse certo sobre a mudança. Ainda existia resquícios daquele garoto delinquente de tempos passados, porém nos dias atuais ele descobria-se menos propenso a certos descuidos. Era um tímido avanço. E se trilhar por esse desconhecido caminho fosse a compensação pela má experiência da vida, então ele continuaria a seguir adiante.
"Time takes it all, whether you want it to or not".

____________________

Memory is the basis of every journey

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum