[WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Adm em Sex 14 Ago 2015 - 17:38


I don't know what to put here

Esta é uma RP fechada, entre Malia G. McCarthy e Samuel McCarthy Rush. Começa no restaurante Kiche Manetoa e pode ir para onde a vida nos levar vida leva eu. O conteúdo é livre e a postagem está em andamento.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Convidado em Sex 14 Ago 2015 - 18:14

You looking fresh


Meus olhos mal se abriam. Tudo, por que havia virado a noite tentando aprender a ler o menu do cardápido do Kische Mangavoa. Ainda não conseguia imaginar o por que de Sam ter escolhido um nome tão... Diferente. Mas, até que era legal. Exótico, como ouvia dizer por ai. O cardápido parecia ter sido inscrito em mandacarim, ou uma língua indígena de qualquer outro lugar do mapa. Se tinha uma coisa que eu entendia menos que palavras complicadas, era Geografia, e contra isso, eu não iria jamais. Um dia desses, assisti um filme em que as pessoas falavam "mení", fazendo um bico engraçado enquanto formavam a pequena palavra com os lábios. Eu a repeti por diversas vezes, enquanto estudava a lista. Era muito melhor do que apenas falar cardápido. Respirei fundo, soltando aquela coisa de lado. Ainda tinha muito o que aprender pra ser uma hostec, a moça que levaria as pessoas para suas mesas. Por que existia aquilo? Todo mundo tem perna e olhos pra andar e enxergar o caminho para o salão com as mesas. Mas, não reclamaria disso. Era mais fácil e seguro, para mim. Da última vez que tentara ligar um fogão, acabei por passar o dia quase todo no hospital de queimados da Flórida. Praticamente engoli o cereal do café da manhã, correndo porta a fora para pegar o carro que tinha ganhado de presente. Nunca tinha dirigido, mas descobriria como fazer agora.

.............


Quase duas horas depois, tinha estacionado na ala privada do Kische, orgulhosa de mim mesma. O carro estava muito bem deixado no meio do estacionamento, por cima de duas faixas amarelinhas, na transversal. Não sabia para que elas serviam, mas eram até que bonitinhas. Tirei a chave do buraco de encaixe, indo para dentro do estabelecimento. De longe, vi a cabeça loira do meu irmão. Me aproximei, cutucando seu ombro.

Desculpa o atraso, mas eu não sabia como pilotar o carro. Tive que aprender sozinha. — dei de ombros.

Olhei ao redor, vendo que não tinha tanto movimento por ali. Apenas algumas pessoas, no máximo, dez. O Kische costumava estar mais cheio a noite, o que permitia uma folga melhor durante o dia.

Kische Mangavoa x with my bro x wiggle wiggle wiggle tu tu tu tu
© mr. houdini


Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Adm em Seg 17 Ago 2015 - 15:58

Não me leve a mal, eu posso amar cozinhar, e amo trabalhar no restaurante mas se tem uma coisa que não consigo entender são números (que me fazem sentir no colegial) e por isso estava com uma cara de pasto ao ouvir o gestor falar de tudo o que tínhamos no estoque e o que precisaria ser repostos.

Eu podia sentir minha cabeça pendendo aos poucos para o lado e minha boca abrindo, se estivesse observando do lado de fora poderia notar que estava quase babando. Depois de mais meia hora do que considerei tortura medieval olhei para onde minha irmã deveria estar e arqueei a sobrancelha porque ela deveria estar lá faz um tempo já e eu precisava no minimo de alguma desculpa para sair dali antes que acabasse roncando na frente da minha equipe e isso não seria legal.

Dei uma desculpa esfarrapada e contive uma risada quando minha Chef de partie fez um joinha para mim como se dissesse que cobriria para mim. Quase atravessei a reunião e dei um beijo na mulher tamanho sua divindade, ou algo assim... Mas aproveitei para correr para o lado de fora e me recostei sobre a árvore e peguei o celular para ligar para Malia, mas acabei me distraindo com as imagens de gatinhos que tinha na internet e estava rindo loucamente quando senti o cutucão de minha irmã.

Olhei para o rosto dela e ri ao lembrar que quando estava aprendendo a dirigir precisava avisar os vizinhos e meus pais com antecedência para que pudessem repor suas caixas de correio que eu iria passar por cima.   -Está tudo bem maninha... O que acha ir fazer compras comigo? Estou precisando reabastecer a cozinha lá de casa. - perguntei bagunçando seus cabelos e dando uma batidinhas amigáveis no tronco da árvore como uma supertição própria.
TOM HARDY MADE ME THIS BRACELET

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Convidado em Seg 17 Ago 2015 - 20:11

You looking fresh


Abri um largo sorriso ao encontrar meu irmão, e ouvir sua proposta. Eu gostava de fazer compras, principalmente quando se tratava de comidas. Comida é uma coisa essencial. Se você não come, você fica com fome, e você só mata a fome, se comer. Franzi o nariz. Agora que estava pensando nessa coisa toda de comida, descobri que estava com fome, e como estávamos indo para um lugar onde ia encontrar todo o tipo de coisa, me deixei ficar feliz. Esperei por ele, já que não sabia para onde Sam nos levaria.

Eu consigo comer sete hot dog's de uma vez. — comentei, esticando o lábio superior por cima dos dentes.

Uma ideia se passou por minha mente, e apesar de achar legal, ele poderia não querer. Mas, resolvi que faria a proposta mesmo assim. Seria bom, ele veria minhas habilidades especiais, e eu não seria a única a reconhecer que eu tive sucesso no aprendizado individual.

VAMOS NO MEU CARRO? — Dei um pulo na frente dele, parando com os braços abertos. — Ou da pra ir a pé? — fiz uma careta.

Dei uma volta ao redor do meu irmão, quase correndo. Estava me sentindo enérgica, hoje. Mesmo tendo passado todo o dia anterior e a madrugada "ligada." Parei, observando algumas pombas comendo milho não muito longe de onde estávamos. Corri até lá, espalhando ainda mais os caroços, fazendo com que elas voassem. Fiz o caminho de volta até Sam, esperando pra ver o que ele diria.


Kische Mangavoa x with my bro x wiggle wiggle wiggle tu tu tu tu
© mr. houdini


Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Adm em Seg 24 Ago 2015 - 0:19

Olhei pra cara da minha irmã, com esse jeito de pensativa e fiquei confuso sobre o que estava acontecendo ali, tipo... Estávamos tendo uma competição de quem conseguia ficar mais tempo sem piscar e eu não sabia? Ou seria um concurso de quem conseguiria ficar mais tempo sem falar?

Quando ela falou, pensei em fazer uma comemoração por ter ganho a batalha do silêncio, como denominei, quando notei que ela falou do cachorro quente. -Eu ganhei uma competição de quem conseguia comer mais burritos quando estava no México. Quase morri depois, mas também quarenta burritos apimentados em meia hora... - falei perdido, como se estivesse numa viagem muito louca.

Parei para pensar se ela realmente dirigia, mas lembrei que ela tinha acabado de aprender. Então abri os braços da mesma maneira que ela e ficando meio tonto por ela estar correndo ao redor de mim e comecei a imitar minha maninha e seguir ela correndo em círculos.

Até que parei ela pelos ombros e gritei “YES”. Esperei ela abrir o carro e entrei no banco do passageiro e batuquei no painel. -Para as docas! - gritei animado.

TOM HARDY MADE ME THIS BRACELET

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Convidado em Qui 27 Ago 2015 - 14:42

You looking fresh


Burritos? O que diabos meu irmão tinha na cabeça, ao comer burrinhos pequenos? Ele poderiam crescer e cruzar com cavalas, pra gerar poneys ou unicórnios listrados. Mas, por que ele os comia em uma competição? Que coisa estranha. Dei de ombros, ainda girando, vendo-o abrir os braços e me acompanhar. O que era o quarteto fantástico, perto de nós dois? Ou os Power Rangers? Nem mesmo as tartarugas ninjas tinham algum meio de impedir os irmãos McCarthy. Ah não ser, é claro, um professor de matemática. Assim que ele dissera um sonoro "YES" para a proposta de irmos no meu carro, um sorriso animado surgiu em meus lábios. Eu deveria mandar os policiais fazerem uma limpa no quarteirão? Ou pedir um helicóptero do pronto-socorro mais próximo para auxilar as possíveis vítimas? NÃAO. Sai correndo até o meu carro, entrando no lado do motorista. Ataquei o cinto, segurando o volante com as duas mãos.

DOOOOOOOOOCAS! — depois de um minuto em silêncio orando por nossas almas, gritei, pisando fundo no pedal que coisa o carro.

Puxei aquele negócio que parece um pirulito gigante que chamam de marcha para trás, fazendo o carro ir com tudo, em um movimento retrogrado. Ao chegar bem perto do encarte do Mangavoa, pisei no acelerador, fazendo o carro coisar com tudo pra frente. Quem se importa que eu tenha acertado aquele espelhinho que fica do lado do carro de alguém que tinha estacionado por ali? Eu não. Liguei a rádio ao mesmo tempo que botava a cabeça pra fora do carro, xingando um desgraçado de Maria Gasolina, visto que ele dera uma barada brusca, fazendo com que todos parassem. Como não sou todos, passei por cima da calçada, quase atropelando uma velhinha que parecia com o Koba, do filme Planeta dos Macacos. Só tínhamos um problema. Pra que lado ficavam as docas? Taquei o dedo na tela do navegador do carro, procurando no GPS. Coloquei o nome na inter-tela, e assim que a localização apareceu, descobri que não estava muito longe.

Pisei mais fundo no volante, sentindo o meu corpo todo recostado no banco de couro. Eu poderia ser contratada para atuar em algum dos filmes de Fast and Furious, não precisaria de tantos efeitos visuais, quando eu poderia fazer qualquer coisa daquelas em apenas ligar o carro e pisar no acelerador. Tirei o pé do coiso, pisando no outro, acompanhando o ritmo da música. O carro dava alguns solavancos, o que era bem legal. Parecia aquelas coisas de filme onde os negões faziam os carros dançar. Virei o carro com tudo para a rua da direita, estacionando divinamente com um cavalo de pau, vendo uma fumaça rasa subir. Sai do carro, ignorando os olhares das pessoas. Eu sei que eu sou bonita, e meu irmão também. Só não precisam ficar olhando tanto.

Arrasei. — disse, sorrindo pequeno.

Dei a volta, até estar na calçada, e fiquei esperando por Sam, para saber o que iríamos fazer ali.


Kische Mangavoa x with my bro x wiggle wiggle wiggle tu tu tu tu
© mr. houdini


Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Adm em Seg 31 Ago 2015 - 15:04

Assobiei alto ao ouvir o grito dela e comecei a batucar animadamente no painel como se ele fosse um par de bumbos e eu fizesse parte da bateria de alguma escola de samba brasileira. Mas logo tive que parar de batucar e agarrei com todas as minhas forças com uma mão no banco e a outra no coiso de segurar que ficava em cima da janela.

Não paramos sequer em um farol ou esquina, e já estava me sentindo o próprio Dom em Fast and Furious no meio de um rally na beira da praia. Depois de alguns minutos eu comecei a gritar para onde ela deveria virar, como se fosse um copiloto de bordo e toda vez que a curva saia perfeita eu dava um grito de alegria.

Sai do carro pela janela para entrar mais ainda no clima de corrida e dei um grito animado. -DE NOVO! - vibrei antes de dar a volta no carro e fazer um hifive com minha maninha. -Arrembentou o pau do balde! - disse para ela sem notar que havia misturado três ditados em um só.

Segurei minha irmã pelos ombros e a guiei para as docas, onde passei pelos pesqueiros que descarregavam de tubarões a caranguejos, todos frescos e selecionei os melhores para que fossem encaminhados para o Kiche.


TOM HARDY MADE ME THIS BRACELET


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Convidado em Qui 22 Out 2015 - 11:35

You looking fresh


Sendo conduzida pelo meu irmão, passei por um negócio onde só tinha peixes. Tinha uns caras trazendo mais a todo momento, e eu me perguntava se estava em um tipo de peixe food a céu fechado. Enquanto Sam escolhia alguns para serem levados até o restaurante, eu me via perdida no meio de tantos peixes bicudos e mortos. Me aproximei de uma parte onde continham peixes grandes, maiores até do que algumas pessoas, e o peguei. Virei para Sam, fazendo o peixe de taco de baseball, e acertei suas costas. — Strike! — fiz uma dancinha em comemoração, mas o peixe era muito pesado, e acabei me desequilibrando. Ja não chão feito uma pomba sem girar mais que nada, me fiz de sereia e comecei a simular como uma nadava. Eu sentia falta de ir a uma piscina ou praia, e mesmo morando em Miami, não tinha tanto tempo de ir. Sempre estava estudando ou ajudando meu irmão no restaurante.

Ouvi um barulho de vozes se aproximando, e tudo o que fiz foi ativar o modo evolução na minha pokebola, me camuflando como a espécie humana. Passei as mãos nas roupas para tirar o pó, e me pus ao lado de Sam. — Eu posso levar um tuba tuba pra criar em casa? Eu quero um daquele dali, branco! Ele cabe no meu aquário. — perguntei, franzindo o cenho. Criar o bicho morto seria melhor do que um vivo, ja que não teria que me preocupar em dar comida o tempo todo. Me virei para o meu irmão, em expectativa de sua resposta. Eu já poderia imaginar onde ele ficaria. Perto da porta da sala, ou na cozinha, do lado do fogão. Caso eu sentisse muita fome e desse vontade de comer peixe, eu o partiria e colocaria dentro do microondas pra esquentar e comer.

Kische Mangavoa x with my bro x wiggle wiggle wiggle tu tu tu tu
© mr. houdini


Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [WTF] Malia G. McCarthy & Samuel McCarthy Rush

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum