《SBH》Aimée Garniër Bertrand

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

《SBH》Aimée Garniër Bertrand

Mensagem por Aimée Le'Blanc Bouwknecht em Qui 22 Out 2015 - 23:06


《SBH》Alone , thrown in the wind

Esta é uma rp fechada, one post de Aimée Garniër Bertrand. Os fatos aqui contados ocorrem no turno da tarde, no Shopping Bal Harbour O clima é Ensolarado. O conteúdo é Livre e a postagem está encerrada.



Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: 《SBH》Aimée Garniër Bertrand

Mensagem por Aimée Le'Blanc Bouwknecht em Qui 22 Out 2015 - 23:37




You think you know people and they surprise you


Chegada recentemente, Aimée precisava se distrair antes que desse inicio as aulas, sabendo que isso tomaria quase todo o seu tempo, resolveu ir ate um shopping, a  procura de uma manicure descente, tudo que ela não precisava agora era de cutículas horrorosas. Antes de ir ao shopping conhecido na cidade, largou suas malas no hotel no qual estava hospedada assim finalmente podendo tomar um delicioso banho. Era inevitável que ela olhasse com certo desprezo ao lugar que por mais luxuoso que fosse ela desprezava com todas as forças. O barulho da água que caía para a hidromassagem fazendo formar a espuma branca dos sais de banhos com aroma de rosa, como uma terapia para a loira, a tranquilizava. Sentou-se a beira da hidro já despida apenas com o roupão aveludado na cor rosa cobrindo o corpo bronzeado, em uma das mãos uma taça de champanhe que ela bebia tranquilamente enquanto admirava aquele momento de paz.

Levantou-se deixando a taça ao lado da hidro, desfazendo o nó do cordel que mantinha o roupão fechado assim deslizando sobre os ombros e braços o roupão que provocava uma deliciosa sensação de arrepio sobre a sua pele, por fim deixando o roupão cair no chão. Adentrou a hidro já apreciando a água quente. Sentou-se na hidro relaxando os músculos enquanto tomava novamente mais alguns goles da bebida borbulhante. Fechou os olhos enquanto desfrutava da sensação, logo sendo interrompida pela camareira que insistia em bater na porta. Aimée levantou e vestiu o roupão indo rápido a porta, a pobre coitada da camareira só estava ali para avisar que seu motorista estava à espera. A raiva tomou conta da loira que estava ate poucos instantes relaxada, ser interrompida de um tranquilo devaneio por uma empregada descontrolada por conta da espelunca não poder avisar por telefone.

Aimée fechou a porta na face da mulher, educação não era muito comum á ela, não mais. Foi novamente ao banheiro ligando o chuveiro deixando a água quente retirar os resíduos dos sais de banho, enrolando-se na toalha indo ate sua cama aonde já havia separado sua roupa, nada de muito extravagante, vestido de renda, sandália de salto agulha na cor nude e por baixo de tudo isso conjunto de sutiã e calcinha na cor vermelha, renda transparente, brincos, pulseiras e um relógio. Finalmente a loira estava pronta, soltou os cabelos louros ondulados, depois de pronta desceu e dirigiu-se ao carro que obviamente já deveria ter sido avisado do rumo da viagem, assim partindo ate Bal Harbour.

Chegando lá Aimée olhou a volta descontente com o que via, de fato esperava mais do lugar. Saiu a procura de algum salão, naquele lugar existia milhares de salões de beleza, mas como achar o ideal? A loira finalmente achou um que parecia ser agradável de se estar, assim entrando sem delongas. Olhava ao redor, franzindo o cenho ao ver algumas moças com as roupas mas esquisitas que havia visto na vida, as ignorando quando uma ofereceu um cafezinho. Seguiu direto ao balcão de recepção, esboçando um sorriso sínico. A pobre atendente  sorria gentilmente, enquanto Aimée a olhava com expressão de nojo. -Pois não, senhorita?- Disse a moça tentando graciosamente agradar a jovem, porém Aimée não estava nem um pouco interessada em conversa, como de costume. -Quero uma manicure e hidratação no cabelo, e ande logo, não quero ficar esperando!-

A recepcionista ficou sem reação com a grosseria da loira, que deu as costas indo se sentar em uma das poltronas, enquanto a coitada saia correndo para arrumar uma manicure disponível para a "dondoca" que esperava impacientemente a 2 minutos já. Um sorriso torto brotou nos lábios de Aimée ao ver que a recepcionista a chamava fazendo sinal com a mão, a loira de nariz empinado levantou-se arrumando a barra do vestido e indo enfim ao seu tratamento de beleza. -Que atendimento, em...- Murmurou rabugenta enquanto se sentava na cadeira. - Se você tirar um "bife" dos meus dedos eu te garanto que não vai mais trabalhar nem como puta!- Sussurrou ameaçando a manicure, que cautelosamente fez seu trabalho perfeitamente, enquanto a cabeleireira tentava o mesmo. Finalmente pronta, Aimée estava deslumbrante e com as cutículas retiradas assim podendo retornar ao hotel.

valeu @ carol!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum