{AS} Wont you save me?

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

{AS} Wont you save me?

Mensagem por Alexander G. Kowalewski em Dom 28 Ago 2016 - 15:29

Relembrando a primeira mensagem :

One day when the sky is fallin'

A postagem entre Alexander G. Kowalewski e Aurora M. Stafford, no apartamento da médica e está fechada para qualquer um que não tenha sido convidado. O conteúdo é livre e a postagem está em andamento.


____________________

you can't deny that you've been untrue. You lie so sweet but you love me deep. Putting out fire with your gasoline.

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: {AS} Wont you save me?

Mensagem por Alexander G. Kowalewski em Qua 26 Out 2016 - 20:26




save me




'Cause when the night begins to fall I watch the shadows growing tall Feeding my insomnia like a fly on the wall
Alexander tinha várias suposições em mente do que deveria fazer naquele momento, e em proporções gritantes, pensava em tirar a cueca e dormir como sempre costumava fazer, mas lembrava-se de que não estava em casa e precisava manter a compostura. Já havia deixado claro de que a queria, e tido a resposta benevolente de volta. Apenas aguardou o retorno de sua princesa, almejando alguns pensamentos involuntários. — Depois de ir a delegacia, terei de prestar esclarecimentos ao hospital, pedir um ou dois dias de folga e me dispor dos olhares dos curiosos. — Um suspiro longo foi solto, enquanto o doutor tentava se ajeitar no colchão macio. Havia sentado, sua compostura exigia que esperasse a mulher com quem iria se deitar - mesmo que os sentidos não fossem literais - e não se importou em esperar. Ainda sentia a ardência dos arranhões e a sensação que os golpes tinham lhe deixado, não como trauma, e sim pela forma em que tinha sido atingido. Os agressores não tinham poupado forças afinal. — Pode me deixar no hospital? De lá, poderei acionar uma segunda via das papeladas com minha equipe, e já prevejo o falatório que geraria uma chegada de nós dois. Então, esperarei no carro e você pode pedir a algum dos rapazes da segurança para me ajudarem. Quero deixá-la de fora da ninhada de abutres, e já venho incomodando demais. — Devagar, foi falando, notando que quanto mais palavras entoava, menos dor sentia. 

O doutor tinha muito o que resolver, fora aquilo tudo. O seguro do carro, reagendar consultas com a equipe para dali a três dias e reajustar alguns pacientes para outros profissionais, mas somente os que precisariam de um atendimento mais urgente, devido a gravidade do diagnóstico. — Ainda preciso organizar o nosso jantar. Quero agradecê-la devidamente por cada cuidado, doutora Stafford. — O tom de voz estava mais morno, como se fosse um gatinho escondendo-se numa aparência que certamente atrairia, mas por trás... Ah, Aurora. Você ainda não tinha conhecido o lobo por trás do gatinho. Ele deitou-se quando viu a figura feminina retornar, os olhos milimetrando o corpo esbelto e delicioso enquanto relaxava o corpo no colchão, os pensamentos tendo que ser contidos antes que a situação da semi ereção piorasse. Virou o olhos azuis para o alto, fitando o teto por um breve tempo até fechar os olhos em seguida.

 




____________________

you can't deny that you've been untrue. You lie so sweet but you love me deep. Putting out fire with your gasoline.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum