[fc | nyc ] i'm gonna teach you a lesson

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[fc | nyc ] i'm gonna teach you a lesson

Mensagem por Beatrice Hërr. Devereaux em Qui 6 Set 2018 - 12:45

i'm gonna teach you a lesson

A presente RP narra o encontro entre Beatrice e Ryslee. Ambas se encontram na escola de dança da primeira mulher, localizada em Nova York, onde uma aula de dança está para se iniciar, é começo de tarde, então o clima é fresco e ameno. A participação é entre Beatrice Hërr. Devereaux & Ryslee Charmont-Villace apenas.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [fc | nyc ] i'm gonna teach you a lesson

Mensagem por Beatrice Hërr. Devereaux em Seg 10 Set 2018 - 15:59


A professora respiou profundamente, entrando em sua classe, já que era a primeira vez desde que tinha voltado da Rússia, após passar um tempo no Balé Bolshoi, um dos melhores do mundo. A estada na Rússia tinha sido majestosa, ela aprendeu bastante, e se aprimorou para ensinar a arte da dança para seus alunos. Meses de preparo para a primeira aula e Beatrice estava apavorada, ela nunca tinha medo. A mulher apenas amarrou seus cabelos, respirando profundamente, seguindo para frente da Academia, para que fizesse a checagem. A cada aluno, ela pedia um documento com foto, para que pudesse garantir que era a pessoa correta. E dava um "Ok".

Beatrice cumprimentava e fazia seu procedimento de vistoria e sua cortesia era assustadora. Quando chegou entrando o ultimo aluno, além de repetir o processo, seguiu o mesmo para uma grande sala com janelas largas, que deixava o local iluminado e arejado, com um piso escuro e espelhos ao redor. Um belo estúdio. Respirou profundamente, pensando no que faria. Ah, aquecimento como eu esqueci disso? Xingou-se mentalmente.

Meu nome é Beatrice Devereaux, tenho 26 anos. Sou formada em dança e teatro pela a Academia Julliard. Nasci em Londres, onde fiz aulas na Royal Academy e depois ganhei a bolsa na Julliard. Recentemente retornei da Russia, onde estudei com o balé Bolshoi. Minha real especialidade, é o balé, mas dançarinos precisam ser versáteis. Essa sendo a aula introdutória,  vou determinar o nível de cada um de vocês, para que possa os colocar nas aulas corretas. Seria quase ofensivo deixar alguém avançado numa turma iniciante, mas farei isso durante este mês. ―  Explicou com seu timbre macio e sua voz tranquila. ― Ao aquecimento! Quem já fez aula de dança antes, por favor, ajudem a quem nunca fez. ― Pediu, enquanto andava pela a sala.

Sua caminhada a permitia ver todos que se aqueciam. Quando via alguém fazendo algo errado, de imediato ajudava e corrigia a pessoa, e seu pequeno sorriso incentivador, inspirava a quem estava ali, passou as mãos sobre o rabo de cavalo, logo o soltando, enquanto continuava a caminhada, parando em um ponto, para ela mesma fazer seu aquecimento, afinal seria uma extrema irresponsabilidade de sua parte, ensinar algo e ela mesma não fazer. Se sentou sobre  o chão, fazemos alguns exercícios de aquecimento, se levantando algum tempo depois para fazer alguns exercícios de respiração.  Assim que olhou no relógio que se deu meia hora, encerrou o aquecimento.

O princípio para que muitos de vocês consigam dançar, é o balé. Vocês precisam ter ao menos, um conhecimento básico. E bom, a história do balé não é relevante no caso. Vocês irão para a barra, e repetirão tais movimentos. ― Apontou a Barra grudada sobre as paredes. Colocou a mão esquerda ali, depois de se posicionar lateralmente e com o braço livre, esticado em uma curva e os pés também posicionados na lateral, mas abertos e unidos pelo o calcanhar, dobrou levemente os joelhos. E em seguida, esticou seu corpo, ficando reta. ― Isso se chama pliet. Um passo que até mesmo crianças aprendem quando lhes é ensinado o balé. Bom, vamos ver como se saem. ― Desafiou, com um sorriso divertido aos lábios.



____________________


you believe GOD IS A woman

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [fc | nyc ] i'm gonna teach you a lesson

Mensagem por Ryslee Charmont-Villace em Sab 15 Set 2018 - 21:50



Would you let me lead you even when you're blind?

Os passos desordenados da xerife levaram-na diretamente para a academia de dança da cidade, onde não esperava por os pés nunca. Desde muito nova era completamente consciente de que sua vida artística não tinha muito com o que cooperar no mundo e por isso não se prestava ao papel humilhante de ter algumas tentativas para mudar tal coisa. Bem, quando completara dezessete anos havia tentado dançar no baile de primavera com Howard Lewis, o melhor amigo gay que pudera ter. Além disso, o rapazote tinha sido o seu tutor em medidas extremas quando descobriu-se simpatizante dos LGBT até ter plena consciência de que era pertencente àquele lado do arco-íris. O primeiro ano foi aterrorizante, mas com a aceitação da família e a não alteração da rotina entre os amigos serviu para clarear a mente da ruiva, que passou a se enquadrar em seu verdadeiro eu.

Hoje Howard era um exímio bailarino nas horas vagas e também um policial dedicado em combater o crime turbulento de Nova Iorque. Naquele dia em específico precisava da presença do oficial Lewis para uma atividade de campo em que escoltaria uma celebridade local numa festividade, tendo o dito cujo solicitando o homem como líder da segurança. ― Mas é claro que ele vai aproveitar isso e dar uns pegas nesse cara, nem vou perguntar. ― Disparou pelo corredor, não sabendo para onde seguir enquanto pensava. Deveria ter perguntado melhor. ― Deve ser essa porta, tem barulho de música saindo daqui. ― Estava com a mão na maçaneta, pronta para abri-la, quando um corpo passou por trás do da mulher, que obrigou-se a ir para frente com tudo. A porta se abriu de repente com um estrondo, Ryslee deu vários passos para frente e se chocou contra a professora, conseguindo se equilibrar a tempo de não levá-las ao chão com o equívoco.

Estava com as mãos na cintura da mulher, dando-se conta somente alguns segundos depois, soltando-a. ― Céus, me desculpe. Alguém quase me atropelou lá fora. ― Disse, pigarreando. A ruiva afastou-se alguns passos para lhe devolver o espaço pessoal, encantada com o cheiro que emanava dela. Olhou para trás e bastou uma rápida vasculha para encontrar a expressão risonha na face rubra de Lewis, que prendia o riso. Bufou, indicando o ambiente fora da sala com o queixo para que ele seguisse. ― Xerife Villace, aliás. Você deve ser a professora, certo? Eu preciso de uns minutos com o senhor Howard Lewis, pode me conceder? ― Questionou, mas uma sombra de preocupação assombrava o rosto da xerife. ― Você está bem? Não se machucou? ― Lembrou-se de perguntar, olhando-a brevemente com olhos analíticos, arrependendo-se no segundo seguinte. Que corpo era aquele? Piscou para se concentrar, aguardando pela resposta que viria.


____________________


what
did
you
expect?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [fc | nyc ] i'm gonna teach you a lesson

Mensagem por Beatrice Hërr. Devereaux em Qui 20 Set 2018 - 14:34


so when we move you move

get to work


Em meio a aula, a professora estudava cada um dos alunos com atenção, com um sorriso satisfeito. Eles iam até que bem, na visão de Bea. O rigor de suas aulas antigas, a fazia ter um certo rigor, mas não ser mega rigorosa, afinal aquilo não ajudava com o psicológico de futuros dançarinos, e ela contava em francês. Un, deux, trois. O sincronismo do método de contagem da francesa a ajudava a pensar e a não se distrair. E assim que encerrou os exercícios relacionados ao plie, pensou um pouco no que faria a seguir, já que sendo a primeira aula, realmente ela não tinha programado muita coisa. Ela cocou o queixo pensativa e por fim, suspirou fundo, decidida.

Me mostrem o que sabem. Vocês tem 30 minutos para elaborar uma coreografia básica. Esse é o primeiro passo da avaliação para definir as turmas de vocês. E uma coisa. Eu quero coisa única. Do que seja sua especialidade. Se é especialista em balé, quero algo único disso, entenderam? ― Questionou com um sorriso sereno, passando as mãos sobre a blusa que usava, logo seguindo para perto da porta, onde tinha uma melhor visão de toda a sala.

Ela ficou ali, esperando que os primeiros alunos se apresentassem. O primeiro, foi um homem, o qual ela logo reconheceu das entrevistas que fez, para conhecer seus alunos no dia da inscrição, para buscar saber o que eles esperavam daquelas aulas, sendo um policial. Howard Lewis. Ele se apresentou, deu o nome, idade e principais especializações na dança, fazendo uma apresentação de uma mistura de balé clássico, com hip hop que a deixou com um largo sorriso no rosto, e que assim que se encerrou, fez todos naquela sala aplaudiram principalmente ela.

Se seguisse carreira profissional se sairia muito bem! ― Com o largo sorriso ainda no rosto, soltou.

Seu sorriso voltou a uma expressão neutra, vendo que o próximo para se apresentar, se aproximava. Ela passou as mãos novamente aos fios capilares vendo uma mulher e um homem ali, fazer o mesmo que o policial, nome, emprego, idade, especializações. Fez uma apresentação de dança de salão, com o acompanhante, uma apresentação de salsa, que a fez sorrir majestosamente e todos aplaudiram, com uma expressão tranquila, a professora coçou o queixo pensativa. E se pronunciou.

Vocês foram bem, só precisam melhorar um pouco na sincronia. Teve alguns passos que ela ficou adiantada. ― Explicou.

Antes que pudesse chamar o próximo, ela viu a maçaneta da porta girar para se abrir, gerando uma expressão brava dela. Quem ousaria interromper aquela aula? Ela odiava interrupções. Bea respirou fundo, porém a porta foi aberta com um barulho e do nada, ela viu uma mulher ruiva que ela tinha certeza que não estava cadastrada naquela aula, vir com passos recuando, quase chocando-se contra si, e só não caiu no chão, pois a ruiva segurava sua cintura. Beatrice se sentia envergonhada. Analisava a mulher de cima a baixo e deu um pequeno sorriso quando foi solta por ela se sentindo mais confortável. Ela tinha certo receio de ser tocada por desconhecidos, desde que foi quase assaltada em Moscou. A explicação, a fez se sentir mais calma.

Está tudo bem. Foi um acidente. ― Com sua educação polida, pronunciou com um sorriso mínimo nos lábios. A coisa que mais chamava a atenção dela para a ruiva, eram os olhos. ― Sou sim, Beatrice Devereaux. ― Apresentou-se. ― Villace... Ah! Sim, sei quem é você. Lewis me falou muito bem de você. E mencionou que o que mais lhe marca para ele são os olhos. ― Uma gigantesca mentira, mas não estava afim de admitir aquilo naquele momento. Que Deus a perdoasse por mentir na cara de uma policial.

A ruiva perguntou sobre Howard Lewis, reprimindo um riso, e concordou, permitindo que ele se retirasse da aula, para resolver questões que fossem precisas. Deu um sorriso de canto, sentindo-se mais confortável com a presença da ruiva ali e a olhou com cautela.

Estou bem, senhorita Villace. Pode ficar tranquila. ― Nunca Beatrice usaria o título de policial com mulher que quase a levou ao chão, sem necessidade.

____________________


you believe GOD IS A woman

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [fc | nyc ] i'm gonna teach you a lesson

Mensagem por Ryslee Charmont-Villace em Sab 22 Set 2018 - 20:13



Would you let me lead you even when you're blind?

A xerife permeou os olhos discretamente por todas as medidas da professora, afastando-se alguns passos para lhe devolver o espaço pessoal que tinha invadido sem intenções. O vulto desgovernado terminou se mostrando presente, não tendo tanta sorte quanto a dupla, que fora equilibrada pela ruiva ao sustentar o corpo perfeito de Beatrice no lugar. Dada as circunstâncias do diálogo que se seguiu, a mulher arqueou a sobrancelha direita, preferindo não vociferar algum comentário relacionado ao que fora dito por ela. ― Fico feliz que não tenha se machucado, senhorita...??? Ahn, Lewis está acenando dali de trás, não vou demorar nem atrapalhar sua aula. Com sua licença. ― Deixou no ar a abertura para se informar sobre como deveria chamá-la, despedindo-se momentaneamente para acompanhar Lewis, que acenava para irem até o fundo da sala, num espaço mais afastado da concentração de alunos.

Cumprimentou um aluno e outro no meio do caminho, chegando a trocar um aperto de mão com Mason Zimmermann, um advogado de grande alcunha e mais um velho amigo. Agora deveria admitir a surpresa de encontrar dentro de uma academia de dança duas figuras que não imaginava dentro daquele rumo. Howard era mais leve e dinâmico do que Mason, ainda tinha uma porcentagem de chances de correr para as artes e podia desconfiar, mas Mason era tão sério que nem estava acreditando no largo sorriso que lhe era direcionado.

Quando estava a sós com Lewis, carregava na face olhos esbugalhados e um sorriso descontraído com a possibilidade de ter captado alguma coisa. ― Meus olhos, uh? ― Jogou verde esperando para colher maduro, tendo How caindo como uma pata choca. "Seus olhos o que, garota? Tá maluca???" Fora da estação de polícia tratavam-se como sempre foi, desde a infância, diferente do respeito e formalidade dirigidos a ruiva e toda a sua autoridade. ― A sua professora soltou de repente que você fica falando dos meus olhos por ai. Sabemos que você me chama de farol por causa deles. E céus, porque não me disse que ela é.... Ela!? ― Indicou com o queixo por cima do ombro num gesto que somente ele conseguiria entender por estar de costas para o restante da sala, com as mãos na cintura.

O sorriso malicioso se formou nos lábios do policial, que bolava um plano de descobrir o que diabos tinha dado em Beatrice - sempre tão discreta - para informar Ryslee sobre aquele detalhe. Lembrava-se vagamente de dizer uma coisa ou outra a respeito de sua chefe e melhor amiga, mas nada que pudesse fazê-la se destacar. Rys sempre gostou da preservação de sua imagem e ele respeitava aquilo. ― De qualquer forma, eu preciso que chegue um pouco mais cedo. Vamos analisar um caso junto com o perito, o corpo continua na cena e só irá sair de lá quando terminarmos a perícia. ― Jogou a notícia, aguardando pela decisão dele. Odiava atrapalhá-lo quando estava se concentrando em alguma coisa que não fosse trabalho, mas era realmente de grande necessidade estarem juntos no acompanhamento caso Howard não quisesse ser substituído e rebaixado de cargo.


____________________


what
did
you
expect?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [fc | nyc ] i'm gonna teach you a lesson

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum