Abertura das Finais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Abertura das Finais

Mensagem por Stalker em Dom 10 Mar 2013 - 14:28



Finais


Abertura das Finais, com os campeões de 2012, New Directions. Sendo representados por Dianna Overwhelming.

____________________



The your ghost, the ur image. I'm the stalker!
avatar
The Bosses

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Abertura das Finais

Mensagem por Dianna E. Voss-Ohlweiler em Dom 10 Mar 2013 - 15:56

♚ I don't wanna be without you
EU REALMENTE NÃO ME IMPORTO. QUE OS MATEM, QUE OS TORTUREM OU QUE OS DEIXEM APODRECER. NÃO DIGNOS DE MERECIMENTOS, NÃO SÃO DIGNOS DE ESTAREM VIVOS, NÃO DIGNOS DE MINHA QUERÊNCIA. EU REALMENTE NÃO ME IMPORTO... NÃO ME IMPORTO SE SÃO SERES HUMANOS OU SE DIZEM QUE ELES SÃO IGUALADOS A MIM. A MINHA OPINIÃO É A QUE ALGO VALE, A MINHA OPINIÃO É A CERTA A SER SEGUIDA. - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


Dianna com certeza estava sobrecarregada. Além do encerramento e do anúncio das finais, havia ficado responsável para dar início a competição. Faria a abertura, e a música ditada para que ela cantasse, era de fato, surpreendente. Broken-Hearted Girl, da Beyoncé. Dianna conhecia muito bem a letra, e estava em um momento digamos que perfeito, para fazer a encenação de gestos e expressões. Mais, sabia que isso lhe causaria algo. Ainda não tinha falado com Mary, desde que cantaram Mine juntas, e isso estava de certa forma, incomodando a morena. Dianna não gostava de estar distante dela, e sofria por isso. Resolveu usar tais emoções, pra se sair bem na performance. Colocou uma das mãos em frente aos olhos, buscando concentração. A respiração já estava pesada, ao lembrar alguns trechos da música que cantaria. Estava tendo flashes de alguns momentos, e quase começou a chorar. A mesma ruiva que havia lhe entregado o envelope com o resultado dos finalistas dois dias antes, estava no backstage, empurrando Dianna para que se posiciona-se. Um homem anunciou que as apresentações começariam com uma abertura dos campeões de 2012, New Directions, sendo representados pro Dianna Overwhelming. O sangue parecia ter parado de percorrer o corpo da morena, que aos poucos começava a ficar pálida. A melodia começou, e logo Dianna apareceu por trás de todos, sendo iluminada pelo refletor. Usava um vestido preto, com uma faixa branca ao redor da cintura. Os cabelos soltos, caindo em ondas nas pontas que agora eram loiras.



You're everything I thought you never were
And nothing like I thought you could've been
But still, you live inside of me,
so tell me how is that?
You're the only one I wish I could forget
The only one I love to not forgive
And though you break my heart, you're the only one
And though there are times when I hate you
'Cause I can't erase
The times that you hurt me
and put tears on my face
And even now, while I hate you, it pains me to say
I know I'll be there at the end of the day



Dianna deu alguns passos mais a frente, até ficar totalmente visível há todos. O rosto estava sem expressão, fechado seriamente. O olhar da morena estava fixo a frente, mais não via nada por ali. A mente distante procurava sentido naquelas palavras. O coração apertado no peito. Várias coisas passaram a encher a mente da morena, que sentia-se que poderia se afundar nas próprias emoções a qualquer momento. Mais não poderia deixar isso acontecer, estava ali para atuar. Mais o que cantava, do modo como cantava, soava tão verdadeiro, que nos primeiros versos, pôde moldar a expressão antes vazia, para uma de completa dor e vazio. A garota esperava terminar a música bem, o que já sabia que seria impossível. Baixou o olhar enquanto pronunciava a última parte do verso, sentindo que suas forças estavam esvaindo-se aos poucos.



I don't wanna be without you, babe
I don't want a broken heart
Don't wanna take a breath without you, babe
I don't wanna play that part
I know that I love you, but let me just say
I don't wanna love you in no kind of way, no no
I don't want a broken heart
I don't wanna play the broken-hearted girl
No, no, I'm no broken-hearted girl

A morena levantou o olhar, demonstrando as íris claras brilhando, cheias de lágrimas. O peito subindo e descendo de forma descompassada. Dá um sorriso fraco, voltando a baixar o olhar, inclinando a cabeça um pouco para o lado. Na sua mente, viu a imagem de Mary. Passou a lembrar dos momentos em que viveu com ela. Desde os bons, até o do baile. Começou a descer as escadas, lentamente. Encarava algumas pessoas da multidão, buscando se ver perante os olhares que recebia. Via que as pessoas estavam silenciosas, nenhum murmúrio era proferido, além da melodia da música e da voz de Dianna. Todos mantinham os olhos vidrados nos movimentos que a garota fazia, como se ela exalasse uma aura hipnotizante.



There's something that I feel I need to say
But up til' now I've always been afraid
that you would never come around
And still I wanna put this out



Parou de encarar as pessoas, indo diretamente ao palco. Ao subir e fitar mais uma vez a multidão que lhe observava, Dianna suavizou a expressão. Fechou os olhos, mais logo os abriu. Andou pelo palco, chegando até o lado direito. Andava acompanhando o ritmo calmo da música, puxando algumas notas, mais nada que fugisse do original. Não precisava modificar uma música, para deixá-la mais verdadeira. Precisava apenas controlar o turbilhão de sentimentos e emoções que permaneciam a lhe corroer. Olhou para trás sem virar o corpo, apenas o pescoço, em um ângulo de 180º. Via uma Mary olhando-a. Tudo na sua mente, claro. Algo dizia a morena que Mary não estaria ali, para vê-la. Então, tudo o que podia fazer, era se contentar com a imagem que tinha guardada dela. Não, não uma imagem superficial, que facilmente poderia ser esquecida de seus pensamentos. Mais uma imagem real e significante, que vinha do coração.



You say you've got the most respect for me
But, sometimes I feel you're not deserving of me
And still, you're in my heart
But you're the only one
And yes, there are times when I hate you,
but I don't complain
'Cause I've been afraid that you would walk away
Oh, but now I don't hate you
I'm happy to say
That I will be there at the end of the day



Dianna girou o corpo, ao lembrar da cena do baile. Esticou uma das mãos, como se pudesse realmente puxar a outra morena de baixo do balde de sangue, e recebê-lo em seu lugar. Mais a imagem que viu, tremeluziu, e modificou-se. Para o dia em que ambas se encontraram pela primeira vez. Lágrimas começaram a cair do rosto de Dianna. Eram muitos momentos. Gostaria de apagar alguns, mais não teria nenhum sucesso ao tentar fazer tal coisa. Estava cantando com a voz mais potente, tudo para não demonstrar a fraqueza que sentia no momento. O coração parecia bater fracamente, como se fosse parar a qualquer momento. Mais uma vez, imagens começaram a surgir, e Dianna pôde ver a garota partir para visitar uma tia. Não tiveram despedidas, e um longo semestre havia passado, e a morena maior chorou por dias. Um dos motivos maiores da mudança dela para o coral adversário, havia sido para estar próxima a Mary. Mesmo que de longe, apenas para vê-la atravessar um dos corredores do colégio, e receber olhares cheios de segundas intenções de alguns. A vontade de Dianna, era de abraçá-la. De sentir o cheiro bom que vinha da pele e dos cabelos da garota. De poder dizer a ela, o quanto lhe queria bem.



I don't wanna be without you, babe
I don't want a broken heart
Don't wanna take a breath without you, babe
I don't wanna play that part
I know that I love you, but let me just say
I don't wanna love you in no kind of way, no no
I don't want a broken heart
I don't wanna play the broken-hearted girl
No, no, no broken-hearted girl

Now I'm at a place I thought I'd never be, ooh



Dianna sabia que estava cada vez mais difícil se mantes implausível a canção. Queria chorar, colocar tudo pra fora. Mais não podia. Não agora. Estava engolindo a repulsa, o constrangimento, a fraqueza. Precisava sorrir. Mostrar que apesar de tudo o que havia lhe acontecido, estaria forte. De cabeça erguida. Mais estava difícil até mesmo pensar sobre isso. Estava se esforçando para puxar algumas notas, sem perder o equilíbrio do alcance vocal. Com o fio de força que lhe restava, foi se recompondo aos poucos, mais sempre havia uma lembrança ou pensamento, que insistia em lhe deixar angustiada. Mas, surpreendentemente, a imagem das duas cantando Mine, ao finalizinho, preencheu a visão de Dianna. Ela podia ver as duas em perfeita sincronia, e era nítido que Mary tentava lhe dizer algo por trás das letras, e ao invés de dizer, cantou. Isso, foi o suficiente para dar forças a morena, que quase esbravejou os próximos versos.



I'm living in a world that's all about you and me, yeah
Ain't gotta be afraid,
my broken heart is free to spread my wings
and fly away, away with you....



A morena voltou para o centro do palco, olhando a multidão. Sua vista estava embaçada, por mais que lutasse para afugentar as malditas lágrimas, era difícil. Colocou uma mão fechada em punho sobre o peito, comprimindo os olhos. Faltava pouco para terminar a apresentação, então não deixaria as coisas saírem de seu controle agora. Tentou empurrar tudo o que lhe fazia estremecer para o fundo do peito, com êxito. Era complicado cortar emoções em momentos como esse, mais era preciso. Dianna se perdeu ao olhar para uma certa loira ali na platéia. Grace estava olhando-a tão hipnotizada quanto as outras pessoas. E foi no olhar dela, que Dianna teve a certeza que estava confiante para finalizar a música. Sorriu fracamente, baixando o olhar em seguida.



I don't wanna be without my baby
I don't want a broken heart
Don't wanna take a breath without my baby
I don't wanna play that part
I know that I love you, but let me just say
I don't wanna love you in no kind of way, no no
I don't want a broken heart
I don't wanna play the broken-hearted girl
No, no, no broken-hearted girl
Broken-hearted girl
No, no, no broken-hearted girl



Eram as últimas partes. Mais também, eram as últimas lágrimas que Dianna deixaria cair. Seu coração aos poucos se renovou, e já não estava mais partido. Depois de muito tempo, poderia dizer que estava feliz por vivenciar o que lhe acontecia. Então, faria o que fosse preciso, para que ninguém mais machucasse seu coração. Mais uma vez, seus olhos focaram a imagem de Mary, vindo em sua direção para abraçá-la. A sensação era de conforto e segurança. Mais assim que Dianna abriu os olhos, a imagem se dissipou. E tudo o que pôde ouvir, era uma salva de aplausos para si. Quase toda a multidão estava de pé, e alguns até assobiavam. Sorriu fracamente, fazendo uma pequena reverência, e logo se retirou do palco, a expressão serena, porém calma.


nº post: 01 interações: #Grace vestes: aqui. créditos destinados ao ~ Johnny do OPS

____________________

Climb on board
We'll go slow and high tempo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Abertura das Finais

Mensagem por Beatrice Graeff Ohlweiler em Dom 10 Mar 2013 - 17:53

NACIONAIS
TROUBLETONES
Broken Hearted Girl
NEW YORK
Let me see what You got!
Let's Go To Nationals
Apresentação perfeita!! Mas bem, vindo da Dianna e do New Directions, não era de se esperar algo diferente. Aplaudi um milhão de vezes, e me virei a fim de ver minhas amigas TTs.
- Que a sorte esteja conosco! - Sorri apreensiva, e voltei minha atenção ao palco.

____________________

SAM * DIANNA * ALPHONSE * ALEX TURNER
Graeff Power

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Abertura das Finais

Mensagem por Mellanie Grey Winchester em Dom 10 Mar 2013 - 18:37


There ain't no reason you and me should be alone tonight,Tonight Yeah baby,Tonight
Nacionals-Go go,Troubletones!
I'm on the edge of gloryAnd I'm hangin' on a moment of truth,I'm on the edge of glory
And I'm hangin' on a moment with you

Uau!Era o que eu poderia apenas dizer do solo de Dianna na abertura das finais.A garota é realmente boa e não sei como,conseguiu fazer todo mundo chorar,inclusive eu,que senti uma lágrima saindo do meu olho.Droga!Enxuguei minha lágrima e no final,me levantei para aplaudí-la como todos.Acenei discretamente pra Nik,de longe,lançando um pequeno sorriso pra ele e cochichei com Milena:
-Ela foi boa,não acha Mile?E como dizem em Jogos Vorazes,que a sorte esteja a nosso favor!-disse,com uma risada brincalhona,abraçando-a e soltando-a em seguida,agora respirando fundo para ver as outras apresentações.


tags: New York,Nacionais
Notas:Troubletones,Milena,Dianna,Niklaus
Roupas: that!
musica: Edge of Glory
Créditos : Elena Gilbert @ Mystical Falls


____________________

Mellanie  Winchester
Mel | Sweet girl | William McKinley | Troubletones |Duncan's cousin |  Jhonah, Mitchie and Jane sister

▲ Creditos ▼

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Abertura das Finais

Mensagem por Stalker em Dom 10 Mar 2013 - 18:42

Depois do final da performance de Abertura, as cortinas se fecham com um pequeno baque surdo. E uma voz ampliada pelas caixa de som ressoa pelo palco.
-Sejam Bem Vindos as Nacionais do Show de Coral, em New York. Recebam com uma salva de palmas os nossos jurados. Das Cheerleaders vencedoras de 47 Nacionais, e uma das participantes do Sex Tape, ''2 Girls and 1 Cat'', Santana Lopez!! - Uma salva de palmas muito forte enquanto todos aplaudiam a morena. - Diretamente de New York, também participante das Cheerleader, e recordista em entradas médicas nos hospitais de Lima, Ohio: Quinn Fabray. - Mais uma rodada contagiante de aplausos. -E por último e não menos importante, treinador do coral vencedor das Nacionais do ano anterior,The New Directions, e futuro coordenador e diretor temporário dos The Apples da New York Academy of Dramatical Arts, William Schuester. - Mais aplausos, e por fim, as luzes se modificaram e as apresentações começaram.

____________________



The your ghost, the ur image. I'm the stalker!
avatar
The Bosses

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Abertura das Finais

Mensagem por Tommas K. Foxter em Seg 11 Mar 2013 - 22:48


Cheguei

Eu posso? Sinto que não



Estava assistindo as finais, tudo estava perfeito, todos cresceram muito, eles chegaram em um nivel de habilidade extremamente alto, e essa apresentação de abertura somente comprovou isso tudo ja que foi praticamente perfeita.

Logo que a apresentação acaba uma voz anuncia quem seria os jurados e aplaudo em todos eles, afinal na minha opinião, todos eram ótimos.




number words to tag // wearing // thanks flarnius ♥ ops

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Abertura das Finais

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum