A Escadaria

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Escadaria

Mensagem por Stalker em Qui 30 Maio 2013 - 15:43



A Escadaria



A escadaria é a unica passagem para o segundo andar do prédio, já que a escola não tem elevadores, normalmente é onde alguns alunos costumam se sentar, impedindo passagem dos outros.

____________________



The your ghost, the ur image. I'm the stalker!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Quinn Fabray em Sab 29 Jun 2013 - 22:40


Let's relax?!

Sobre o Glee Club,eu não tinha nada a declarar,eu estava com ódio,um ódio estranho porque eu estava gostando dali. 
Eu me encaminhei para a escadaria do segundo andar para conseguir algum sossego,eu estava sem aula no momento enquanto outros alunos assistiam aulas. 
Eu estava praticamente escondida,encolhida no canto da escada sentada no último degrau com minhas pernas esticadas pelos degraus e mexia no IPhone novo que havia ganho do meu pai. Minhas coisas estavam bem longe e eu estava praticamente nua por não estar com uma bolsa se quer. 
Meu uniforme vermelho das Cheerios chamavam um pouco de atenção,mas não me importava com os olhares curiosos que passavam por mim naquele momento.
-Aff que jogo chato...
Sussurrei enquanto entrava no site para baixar novos aplicativos entrando em um mundo paralelo à escola.

Thanks: Alice R. @ TPO & WE

____________________


Lucy Quinn Fabray
I can taste the tension like a cloud of smoke in the air
Be the good girl you always had to be.Conceal, don't feel, don't let them know.Well now they knowTHANKS, LU.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Noah Puckerman em Dom 30 Jun 2013 - 17:28

Distraction, baby?
I'm here to solve all your problems. I am an optimal distraction.
A
inda me questionava o porque frequentava a escola, sempre cabulava aulas e preferia ficar correndo no campo de futebol e algumas vezes acompanhados o que ultimamente estava difícil já que com o passar dos tempos as garotas ficam mais... Exigentes em certos aspectos, procurando um príncipe que seja fofo, cuidadoso, atencioso e eu não me encaixava nessas qualidades, não exatamente. Enquanto andava quase distraidamente pelas escadas percebi um penteado conhecido, à verdade era que qualquer ser humano notaria aquele rabo de cavalo perfeitamente amarrado, Quinn parecia está tão distraída que certamente iria me aproveitar da situação.

Certificando-me que ela não ouviu ruído algum, desci as escadas lentamente e com cuidado chegando ao penúltimo degrau sente-me ali envolvendo meus braços em seu corpo e deixando meu rosto encaixar em seu ombro. A sensação de tê-la tão próxima era agradável, e por puro instinto a apertei carinhosamente contra meu corpo. ― Está distraída, baby? ― perguntei em um sussurro próximo ao seu ouvido, tendo certeza que ela piraria só pelo fato de eu estar colado nela nas escadas do colégio e aquela velha história de “você não pode demonstrar tanta intimidade comigo, ou seja, me agarrar não é uma boa escolha, Puckerman.” Confesso que adorava vê-la irritada, era engraçado como seus lábios se moviam e sua pele branca feito neve ia tornando-se vermelha, céus eu realmente era um babaca quando o assunto era Quinn Fabray.



Notes: By Loony para GL

____________________




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Quinn Fabray em Seg 1 Jul 2013 - 8:32


Let's relax?!

Eu mexia no Iphone distraidamente,tudo bem que era apenas um pretexto para ficar em um canto sozinha e esquecer qualquer problema ou conversa que eu teria no futuro,mas eu ainda sim tentei me manter interdita com o IPhone. Aplicativos irritantes e para pessoas chatas,sinceramente deveriam tem um aplicativo que medisse a capacidade mentar,o IMC e outras coisas que são realmente importantes,em vez de um Pou da vida.
Eu me xingava por estar sem fazer nada,até que senti braços me puxarem cuidadosamente para trás e sentir um peitoral definido,sem reação apenas uni as sobrancelhas até que percebi o cheiro e as características de Puck,no momento em que virei meu rosto o garoto encaixou o dele em meu ombro fazendo uma perigosa aproximação. Olhei para o garoto e seus lábios,meu coração martelava mais rápido e então uma voz na minha cabeça me fez reagir e me afastar um pouco de seus braços.
-Estava procurando as funções e o lado bom de ter isso.
Disse apontando para o celular,era óbvio que ele nunca iria ter um daqueles,sorri de leve e então me afastei um pouco assim ficando na ponta do degrau quase caindo.
-Está fazendo oque aqui? E sem abraços,eu estou namorando com o seu amigo.
Disse de uma forma automática,em especial eu nunca queria ter dito aquilo,mas eu deveria afastar essa loucura de sempre sentir uma leve vergonha quando ele estava por perto. Essa atração por ele deveria terminar ali.

Thanks: Alice R. @ TPO & WE

____________________


Lucy Quinn Fabray
I can taste the tension like a cloud of smoke in the air
Be the good girl you always had to be.Conceal, don't feel, don't let them know.Well now they knowTHANKS, LU.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Noah Puckerman em Sab 6 Jul 2013 - 18:52

Distraction, baby?
I'm here to solve all your problems. I am an optimal distraction.
O
bservei cuidadosamente quando Quinn virou e nossos rostos encontravam-se próximo demais, notei suas sobrancelhas unidas e mantive o contato visual até que a loira decidiu desviar-se e consequentemente livrar-se dos meus braços o que me deixou desmotivado. Deixei meus olhos ir para onde ela apontava o aparelho celular, certamente ganhou de seu pai afinal Quinn era a menina exemplar e por conta disso se amarrava em um cara como eu. Arqueei as sobrancelhas demonstrando desprezo com o meu dar de ombros, não me importava com esse tipo de coisa estava feliz com o meu aparelho celular com funções básicas onde podia colocar alguns jogos e diversas músicas o que mais eu queria? ― É bem óbvio que estes aparelhos não possuem muita utilidade a não ser que você seja um viciado em tecnologias ― disse lentamente encarando-a, quase revirei os olhos quando Quinn afastou-se um pouco mais desta vez no último degrau eu era tão evitável assim?

― Estava zanzado por aqui, e você? ― fiz uma pequena pausa guardando o ácido em minha voz para a próxima fala ― Conte-me uma novidade! Finn andou comentando comigo que você o evita... Estranho né? ― fiquei mais a vontade na escada esticando minhas pernas sem que se encostasse nela. Queria provocá-la e fazer isto não era difícil. Tomei a liberdade de me reaproximar de Quinn sentando-me ao lado dela, gesticulei minhas mãos em sinal de rendição ― Sem abraços, sem contato, eu prometo ― disse e abaixei as mãos, olhando-a de canto e simplesmente não pude evitar de notar o seu uniforme, quer dizer suas coxas bem trabalhadas ― Por que evita o Finn? O jeito bobão dele não te agrada? Ou não sente atração por ele, como sente por mim? ― arquei uma das sobrancelhas e fiz questão de encará-la e aproximar meu rosto do dela lentamente, a verdade era que estava ficando cansativo as minhas investidas ela já deveria ter cedido há muito tempo.




Notes: By Loony para GL

____________________




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Quinn Fabray em Qui 11 Jul 2013 - 21:40


Let's relax?!

Eu tentava não manter meus olhos nos lábios de Puck,eu tentava esquecer aquele abraço e de como a pele dele era quente e acolhedora,meus pensamentos voavam em direção a um futuro que não iria acontecer,eu nunca iria me render ao Puck,pelo menos não novamente.
Após uma festa louca eu me lembro vagamente de ter ido para um quarto com ele,depois um vazio mental e novamente a lembrança de sair do quarto escondida com ele. Tudo bem que o Finn me deu motivos para eu fazer aquilo,eu não aceitaria o fato dele ainda dar atenção para aquelas pessoas estranhas.
Ele falava algumas coisas que em especial não me preocupei em ouvir,os lábios dele possuíam ímãs. Pensei na voz de meu pai novamente e então me obriguei a prestar atenção nas palavras de Puck.
Falar sobre Finn, porque ele não falava sobre quantas piriguetes ele pegou? Ele deve curtir a vida dele como em um filme de férias,''pegando todas e transando com milhares". Foi inevitável não fazer uma careta de nojo e raiva só de imaginar ele fazendo tudo aquilo.
Foco Quinn...Foco!
Eu observei cada movimento dele me mantendo calada e imóvel, porque ele tinha que ser melhor amigo do Finn? Entre mil garotos porque logo o Puck? Revirei os olhos suspirando alto de forma calma. Eu ignorei a pergunta dele sobre oque eu estava fazendo ali,ele era tão idiota assim para ainda perguntar?!
-Eu não estou evitando ele, estou seguindo um conselho...
Me calei ao perceber que meu tom de voz havia ficado mais alto,mexi em meus cabelos enfim largando o celular de lado e me ajeitando no degrau, eu não iria dizer que o Finn estava sendo um péssimo namorado,apesar do meu coração martelar para que Puck me roubasse outro beijo e que se lembrasse do que havia rolado naquele quarto.
-Eu ainda sinto tudo pelo Finn,nosso namoro está indo bem,embora ele ache isso. E você? Porque não vai procurar uma garota descente Puckerman?
A cada instante perto dele eu sentia meu corpo se aproximar de forma automática,não,isso era coisa da minha cabeça e porque meu corpo não obedecia meus comandos e enfim criaria sentimentos pelo Finn como os que eu sentia pelo Puck? Essa loucura que eu sentia por esse idiota não era como amor a primeira vista,era mais como...Uma ação da gravidade. Eu vou lutar contra essa ação,sei que tenho que fazer isso! Estava difícil controlar,e por mais que eu tivesse feito aquela pergunta,eu torcia para que ele não falasse de nenhuma outra garota. Eu o permiti sentar ao meu lado,ele não poderia falar de outra garota ali.
Eu o fitei por breves segundos e então desviei o olhar para o fim do corredor vazio.

Thanks: Alice R. @ TPO & WE

____________________


Lucy Quinn Fabray
I can taste the tension like a cloud of smoke in the air
Be the good girl you always had to be.Conceal, don't feel, don't let them know.Well now they knowTHANKS, LU.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Noah Puckerman em Qui 11 Jul 2013 - 22:27

Distraction, baby?
I'm here to solve all your problems. I am an optimal distraction.
Q
uinn parecia está distante conforme falava o que quase me deixou incomodado e ao mesmo tempo curioso o que será que se passava na mente dela? Certamente alguns argumentos para rebater o que havia falado, a situação era sempre essa, já estava me acostumando com isso. Procurei encará-la sem que notasse até porque parecia está distraída demais com os olhos fixos em meus lábios evitei que um sorriso brotasse em meus lábios e continuei fitando-a cuidadosamente, quase soltei uma curta risada com suas expressões de nojo e de... Raiva?

Sorri lentamente quando pude ouvir o suspiro dela, não soube identificar se foi por causa da pergunta ou tentava se acostumar com a minha aproximação constante. Queria tanto tocá-la, podia me lembrar da textura de sua pele era tão suave e seus lábios macios tiravam-me da órbita. Voltei novamente para a terra quando a voz da garota soou em um tom alto, franzi as sobrancelhas concordando com a cabeça sem nada dizer, achei melhor assim.

Não dei muita atenção para as palavras de Quinn, afinal isso só iria me prejudicar depois. Cultivava sentimentos pela garota mesmo inconsequentemente não era só mais desejo sexual, ia, além disso, queria poder demonstrar que eu era o cara certo para ela, quer dizer, na minha mente eu era. Balancei a cabeça de leve voltando a prestar atenção nas palavras pronunciadas por ela. Garota descente? Franzi as sobrancelhas com o pensamento, mas me mantive calado. ― Eu estou procurando... Na verdade já tenho uma em mente, porém sempre que tento alguma aproximação ela não gosta, ou pelo menos é o que transmite ― suspirei outra vez hesitando em continuar a falar sentindo o olhar da garota em meu rosto assim que me virei para encará-la seus olhos estavam fixos no corredor. Abaixei a cabeça brevemente apoiando meus braços em meus joelhos dobrados ― Enfim, acho que garotas descentes não é para mim, Fabray.

Sorri desanimadamente olhando-a, talvez fosse à hora de eu parar de investir em Quinn já que era namorada do meu melhor amigo e mesmo que eu tivesse beijado-a e gostado certamente não ficaria com ela outra vez, ok, este não era Noah Puckerman. A verdade era que não tinha nada a perder, tomei a liberdade de me aproximar ainda mais deixando meus lábios próximos ao pescoço dela, beijando a região lentamente pousando minha mão mais próxima em uma da suas coxas alisando-a da mesma forma que beijava o pescoço ― Vamos, eu sei que você quer isso também... ― sussurrei roçando meus lábios na mesma região dando leves mordidas ― Estamos sozinhos aqui, e um beijo não cairia mal até porque nós dois queremos ― continuei no mesmo tom torcendo para que ela cedesse e finalmente me beijasse.




Notes: By Loony para GL

____________________




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Quinn Fabray em Qui 11 Jul 2013 - 23:04


Let's relax?!

Após uma olhada rápida pelos corredores logo ele diz que já havia procurado, abri um sorriso irônico após imaginar ele com Santana,definitivamente ela não era descente.
Voltei meu olhar para ele após o garoto falar em um tom baixo que ele não merecia garotas descentes, claro nas palavras dele.
Mordisquei minha bochecha interna de forma imperceptível,ele pareceu desanimar com aquelas palavras e uma vontade de abraçá-lo e beijá-lo eram mais fortes que nunca, Puck era meu ponto fraco,sem dúvidas! Pelas palavras eu estava entendendo a indireta, era para mim? Sorri de leve e então empurrei o corpo dele levemente abrindo um sorriso amigável.
Após esse meu gesto Puck se aproxima,uma aproximação perigosa e incontrolável para mim, fecho meus olhos me controlando para não me arrepiar com o sussurro e com os lábios dele em meu pescoço.
Meu controle era em vão, abri meus olhos lentamente enquanto meu corpo aos poucos se aproximava ao dele,minha respiração ficou ofegante e então em um movimento lento eu abaixei meu corpo e então lentamente aproximei meus lábios aos dele em um selinho demorado, logo inicio o beijo lento e intenso.
Senti meu corpo pegar fogo,e a chama vinha dos lábios do menino,pude sentir ele apertar minha coxa,oque me fez inclinar meu corpo para cima do dele,meu controle era negativo.
Ele estava certo,eu queria beijá-lo,ele queria me beijar e por mais perigoso que seja para a minha reputação,eu estava me tornando necessitada dos beijos dele.
Após algum tempo beijando ele,um barulho de porta de armário batendo bem baixo me fez saltar e me afastar poucos centímetros dele,eu o fitei,olhando nos olhos dele e então olhei para o corredor.
-Isso nunca aconteceu...
Disse em um tom baixo,com minha mão nervosa,eu procurei meu celular e então voltei a mexer nele tentando disfarçar caso qualquer pessoa aparecesse por ali.

Thanks: Alice R. @ TPO & WE

____________________


Lucy Quinn Fabray
I can taste the tension like a cloud of smoke in the air
Be the good girl you always had to be.Conceal, don't feel, don't let them know.Well now they knowTHANKS, LU.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Noah Puckerman em Ter 16 Jul 2013 - 19:11

Distraction, baby?
I'm here to solve all your problems. I am an optimal distraction.
O
leve empurrão de Quinn fez com que um sorriso discreto brotasse em meus lábios certamente a garota havia percebido o quão fiquei desanimado e também entendido a indireta. Na maioria das vezes gostava de ser direto com as garotas, pouquissímas tiveram a oportunidade de me conhecer de verdade, porém queria demonstrar o que realmente era para Quinn, mas ainda sim duvidava que ela toparia algo até porque não era o QB e tão popular quanto Finn.

Percebo a reação da garota com a minha aproximação posso observar quando Quinn ficou arrepiada e fechou os olhos isso simplesmente era um sinal verde, eu não deixaria isso passar, com certa não. Saber que a garota queria o mesmo que eu deixava-me ainda mais animado e motivado a não desistir de conquistá-la completamente. Caso conseguisse provavelmente Finn ficaria furioso a não ser que arrumasse outra namorada ou que gostasse dele, na verdade aquilo não importava no momento.

Meus olhos ficaram fixo em Quinn aguardando qualquer reação contraria, no entanto seu corpo aproximava-se do meu e naquele exato momento soube que ela se entregaria para mim mesmo com tantas negações ou palavras sem significado, no final Quinn ficaria comigo. Nossas respirações se mesclaram e automáticamente nossos lábios já estavam colados inicialmente com um longo selinho, em seguida um beijo calmo e intenso.

Nunca havia acreditado em química, ou em sentimentos amorosos, aquela coisa de gostar verdadeiramente de alguém. Era muito jovem para compreender realmente o que acontecia comigo, com o meu corpo, com a minha mente e com Quinn e porque a garota despertava sensações novas em mim. Degustei do seu beijo por longos minutos e desejei nunca parar de beijá-la.

Mal pude ouvir o barulho que soou no ambiente, estava tão concentrado nos lábios da loira que só notei que ela se afastava segundos depois, meus olhos se abriram encontrando os dela. Sorri de lado meio abobado. As palavras de Quinn eram conhecidas, mas não surtiam efeito nenhum. Claro que não contaria para a escola inteira que havia ficado com a namorada do meu melhor amigo e que gostava dela por mais que sentisse vontade de contar o que acontece comigo para alguém.

― Ok ― respondi entorpecido observando-a se afastar, fiquei um tempo parado ali me encostando outra vez nos degraus ― Céus, eu estou ferrado ― murmurei pensando no que havia feito. Ainda meio desligado olhei para o meu relógio de pulso nunca o usava até chegar atrasado nos treinos, notei que faltava apenas cinco minutos para chegar ao campo. Revirei os olhos levantando-me depressa e seguindo para o campo,  crendo que não daria tempo comecei a correr pelos corredores.




Notes: By Loony para GL

____________________




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Aghata Cecíle B. Boucher em Sex 18 Out 2013 - 20:28

Um tempo fora , loge de tudo e de todos, era o que eu precisava e o fiz. Depois de quase 6 meses em Paris descidi que deveria voltar para casa. Cheguando em Lima observava bem que nada ali avia mudado, minha casa ainda era a mesma, com os mesmo vizinho e sem nada de mais pra fazer – “ Mais e a escola, como estará?" – foi que pensei por um leve momento enquanto descia do carro. Essa pergunta só o dia seguinte me responderia.
(...)
Acordei pela manhã com o sol e a brisa leve tocando a minha janela, era o começo de outono e apessar de aver sol, a brisa era sempre fria o que me fez tremer um pouco. Me levantei da cama, me arrumei normalmente como fazia sempre, peguando minha mochila e as chaves da minha moto, desci as escadas passando pela cozinha e pegando uma maçã sobre a fruteira em cima da mesa.
Assim que cheguei em William McKinley High School me deparei com as mesmas coisas de sempre, realmente nada ali via mudado, mesmo assim o tempo que estive fora, senti muita falta daquele lugar.
Bem  como não teria a primeira aula, resolvi por mim dar uma volta pelos corredores  e todo estava devidamente no seu lugar.Me sentei no alto da escadaria que sai do primeiro para o segundo andar, ficando a pensar nas coisas que vivi ali e no que avia vivido lá fora. De fato apesar de as vezes querer sumir, aquele lugar era minha casa e eu deveria aceitar tudo aquilo sem pestanejar.
Olhei atentamente para o fim da escada, aquele olhar e aquelas lembraças me fizeram lembrar de algumas coisas e de algumas pessoas, é claro me fez lembrar de uma canção, canção essa que ouvia no aéro porto antes de decolar rumo a Paris, mais que agora fazia todo o sentido.

I love this place
But it's haunted without you
My tired heart
Is beating so slow
Our hearts sing less
Than we wanted
We wanted
Our hearts sing 'cause
We do not know
we do not know...


Eu fiquei ali envolvida em meio aos meu pensamento que nem ví o tempo passar, meu silêncio foi totalmente quebrado com o barulho do sinal, me levantei descendo as escadas rumo a sala de aula.
thanks juuub's from @bg !

The wonder that I made I am here to stay... Stay !
Post: 016
Taggeds:Alone
Clothes:Look
Lyrics:Amanda Seyfried - Little House


____________________


In my mind, when he is not right there beside me
I go crazy because here is not where I wanna be And I cannot help myself, All I wanna hear him say is "Are you mine?"
thanks, lizzie @ TPO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escadaria

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum