Sala de Estar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala de Estar

Mensagem por Stalker em Qui 2 Jan 2014 - 22:42




Sala de Estar

A Sala de Estar é grande e tem um formato quadrado, assim como todo o resto do apartamento, possui uma televisão comum, um sofá vermelho e algumas poltronas. Em frente ao sofá há uma porta de grande de correr, típica de galpões.



____________________



The your ghost, the ur image. I'm the stalker!
avatar
The Bosses

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Convidado em Seg 13 Jan 2014 - 20:35

Hey, I'm in New York
11/01/14 || Bushwick Apartament ||  Happy


A vida estava ficando complicada em Los Angeles, Mercedes estava passando por cada vez mais problemas, dentre eles estavam sua vida pessoal , sua carreira e seu emocional, ela estava ficando cada vez mais velha e a ultima pessoa a qual ela teve um caso foi Sam, na escola, a muito tempo atrás, desde então tem estado sozinha, então, sem ao menos ligar ou dar recado, Mercedes pega um avião para Nova York, para visitar seus amigos, talvez passar um fim de semana, isso tudo era da maneira que ela planejava, mas havia um pequeno detalhe, que na mente de Mercedes não faria muita diferença, a permissão de Rachel e de Kurt, sabia que se chorasse um pouco, conseguiria amolecer Kurt, Rachel demoraria um pouco mais de tempo, mas , não faz muita diferença, a final, eles amam Mercedes. Após a longa viajem até Nova York , Mercedes se encontrava na porta do , começou a ver falhas em seu plano, e se Rachel já estivesse namorando e o mesmo estivesse morando com eles ? E se Kurt não quisesse que ela ficasse com eles ? E se ninguém a quisesse por perto ? Começou a ficar com as palmas das mãos frias, então sua mente clareou, ela estava falando de seus amigos, aqueles que estudaram com ela durante três anos, e pelo amor de Deus, era Kurt, o boneco de porcelana favorito dela, ela soltou uma das malas e bateu na porta.


"I'm wide awake and I can see the perfect sky is torn..."

Copyright Little Wonka © All rights reserved
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Kurt Hummel em Seg 13 Jan 2014 - 21:11


A old friend say Helo Again

Após ter chegado da cansativa e gratificante aula de dança, eis que larguei minhas coisas e fora tomar um banho, a fim de me livrar do suor e poder estar novo em folha para trabalhar a tarde e posteriormente fazer algum programa noturno com Rachel. Definitivamente aquele meu momento durante a aula de dança me fez perceber que o Finn jamais gostaria que eu permanecesse cabisbaixo e desanimado por conta de sua partida algumas semanas atrás. Finn, sempre me ensinado coisas, até mesmo no outro plano. Murmurei um obrigada ao vestir meu suéter de Cashemere e pus uma calça justa preta. Ajeitei o cabelo cuidadosamente e rumei para a cozinha para preparar algo ao qual pudesse me servir de alimento, sendo isto algo saudável e não mais uma das cosias perigosamente oleosas do centro de NY.

Peguei alguns vegetais e uma tigela relativamente rasa passando a cortar os mesmos e preparar uma salada. Enquanto cortava, cantarolava:-He could be that boy, but i'm not that girl... - Cantarolava a canção de Wicked e olhava para o relógio acima da parede. Voltei os olhos para o que fazia e após cantar, assoviava numa harmonia doce. Dançava pela cozinha e cortava um legume. Tendo terminado de cortar, avancei para o armário e procurei algum molho ao qual pudesse usar tanto nisto, quanto no preparo de alguns filetes de salmão. Foi então que ouvi uma batida na porta e larguei tudo. Rachel não esquecia a chave, então quem seria? Corri para a porta e girei a chave, fazendo o mesmo com a maçaneta e puxando a porta. Meu corpo gelou e ao mesmo tempo abri um largo sorriso:-Mercedes? Ai minha Santa Afrodite da quinta avenida. O que faz aqui? - A puxei para dentro e me joguei num abraço:-Que saudades.



thanks little king © cg

____________________


Kurt {Porcelain} Hummel

Star of Two Worlds ★ Sweet and Beautiful Guy ★ Popular  ★ Blaine, My Problem
The Killjoy Never Die! @ CG!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Convidado em Seg 13 Jan 2014 - 21:21

Hey, I'm in New York
11/01/14 || Bushwick Apartament ||  Happy


Mercedes deu um largo sorriso, seu garotinho de porcelana continuava lindo e fofo, do mesmo jeito que o virá pela ultima vez, Kurt nem se quer deu um tempo para Mercedes respirar, puxou a mesma para dentro do apartamento e a apertou bem forte, Mercedes retribuía o abraço e lhe dava beijos na bochecha ao mesmo tempo, quando Mercedes finalmente solta Kurt, a animação volta e ela torna a abraçar o amigo, girando algumas vezes no mesmo lugar, Mercedes fala : "Ai meu Deus Kurt, você não faz ideia da saudade que eu estava de você , e também não faz ideia do transito que peguei até aqui, mas isso não vem ao caso, Ai meu Deus, que apartamento lindo esse de vocês, aonde está a Rachel ? Estou com saudades daquela anã e o senhor pode me colocando a par de todas as novidades que eu não sei . " Após tanto falar Mercedes tomou folego e se deixou ser guiada até o sofá pelo amigo, Mercedes sentou e cruzou as pernas , esperando o amigo começar a falar .


"I'm wide awake and I can see the perfect sky is torn..."

Copyright Little Wonka © All rights reserved
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Rachel Berry em Qua 15 Jan 2014 - 21:39


Surprise !
Welcome for the Big Apple, my dear.

Aquele dia com certeza foi um dia de surpresas, eu havia surpreendido muitos com minha atitude de ter ido a NYADA e apresentado-me na aula de dança, os mais próximos sabiam de meu estado e com certeza haviam sido mais surpreendidos com aquilo, essa era minha intenção, iria continuar a viver, viveria para mostrar ao Finn que eu me tornaria uma estrela, daria orgulho a ele ainda que não tivesse comigo, dali em diante eu iria levantar e brilhar.

Planejei uma fuga após o termino das aulas, sai sem dizer nada a Kurt, nem a Quinn, nem a ninguém. Decidi sair depois deles na verdade, assim teria tempo para explicar o por quê daquilo tudo. Como de costume peguei o trem para Bushwick, porém antes de subir para o apartamento comprei uma torta, não sabia o real motivo daquilo mas ainda assim o fiz, mudar um pouco o hábito seria algo bom. Estava completamente esgotada, não aguentava mais um segundo com aquelas roupas, tudo que queria era relaxar com um banho quente e comer aquela apetitosa torta com Kurt, tudo que havia comido naquele dia foi um Donut, pelo menos sua metade, já que a outra foi devorada por um cachorro de rua que quase me atacou por conta do doce.

Caminhei pelo longo corredor do andar que dava ao meu apartamento e de Kurt, a cada passo que dava aproximando-me de casa era um alivio, apressei os passos até, sentindo-me esgotada, dali em diante eu só queria minha cama, ou o sofá da sala, não me moveria para mais nada. Tateei minha bolsa a procura da chave, ouvia algumas risadas vindo de dentro do apartamento, uma das risadas eu reconheci, Kurt é claro, porém a outra ainda era um mistério. Após encontrar as chaves enfie-a sobre a fechadura e girei, destrancando a porta e a puxando, o barulho alertou as duas pessoas que estavam sobre o sofá, jogados numa conversa descontraída. Meus olhos focalizaram-se na silhueta feminina ao lado de Kurt, esfreguei os olhos, pasma, temendo que aquilo fosse uma visão ou o sono afetando-me. - Meu deus, Mercedes? Mercedes! - Minha voz foi aumentando até eu gritar o nome da garota, caminhei apressada em sua direção, abraçando-a surpresa com sua presença ali. - O que faz aqui? Estou muito feliz em vê-la! - Falei após afastar-me, desfazendo o abraço, e olhando ainda estupefata para Kurt. A visita de Mercedes foi algo muito bom para mim, naqueles momentos turbulentos era bom ter os amigos por perto e Mercedes era mais que uma simples amiga, ainda me recordava das sessões de filmes e os momentos de garotas que nos três tínhamos quando eramos de Ohio, os perdedores, sempre estivemos juntos, mesmo com as intrigas, ela estava comigo desde o começo do coral, ela sabia a dor que eu sentia, conhecia muito bem o Finn, me perguntava o por que de não ter nos visitado antes. Pus a torta sobre a mesa e voltei para sentar junto a eles, um momento entre amigos seria muito bom para mim naquele momento.  

Friends at my home Bushwick Twilight Com xxx  Kurt and Mercedes Tuts <3

Copyright JAYBIRD © 2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Convidado em Qui 16 Jan 2014 - 17:54

Hey, I'm in New York
11/01/14 || Bushwick Apartament ||  Happy


Mercedes estava realmente com saudade daquele garoto, a cada palavra que ele dava, por dentro , ela se sentia mais feliz e mais em casa, mesmo não estando tão assim em casa, então se fez um barulho que atrapalhou por um instante o raciocínio de Mercedes, a porta, a mesma sorriu ao ver quem acabará de entrar por ela, Rachel num segundo estava gritando o nome de Mercedes, no outro estava abraçada a mesma, Mercedes abre um sorriso maternal, nada mais faltava naquele local, uma memória volta a mente de Mercedes. Finn, ela havia recebido a noticia do falecimento do mesmo, mas não pode estar presente no dia, mas sentia falta do mesmo, Mercedes abraçou Rachel mais uma vez e disse : "Vim visitar as minhas duas pessoas favoritas no mundo, talvez, se não for incomodo, e não vai ser, passar um fim de semana com elas." Mercedes ainda não iria contar os seus planos para eles, ainda.

"I'm wide awake and I can see the perfect sky is torn..."

Copyright Little Wonka © All rights reserved
Convidado
Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Kurt Hummel em Qui 16 Jan 2014 - 20:16


A old friend say Helo Again

Tendo sentado no sofá, eis que eu e Mercedes passamos a conversar, e eu tentava pincelar as novidades para ela. Matinha minhas pernas cruzadas e dizia:-Por aqui é tudo muito intenso. Na maioria das vezes estamos correndo para entregar algum trabalho ou performar algo numa classe de NYADA. Não resta tempo nem para a saudade. Aliás, faz uns dois dais que não falo com o papai. Estou totalmente ilhado de responsabilidades referentes à universidade. Ainda tenho que cuidar da Rachel e me certificar de que ela vai melhorar. Quero vê-la bem. Mas são apenas detalhes. - Ouvi então um barulho na porta e girei meu pescoço a fim de ver quem chegava. Rachel entrara no apartamento com uma expressão tranquila, coisa que julgando por sua personalidade, nunca foi comum a ela. Tanto quanto eu, Rachel ficara surpresa e feliz ao ver a visita que chegara. Correu para um abraço e dei um sorrisinho quando ela e Mercedes se abraçaram.

Enquanto o caloroso e palavras de boas vindas eram trocadas, eis que levantei do sofá e disse:-Quase me esqueci. Preciso terminar a salada e os grelhados. Agora temos visitas  tenho certeza que a Barbra vai comer direitinho. Não é mesmo, Rachel? - Primeiramente, achei que ela recusaria por conta dos momentos aos quais passava trancada no quarto sem querer nem mesmo comer, entretanto fiquei feliz quando mesmo que minúsculo, ela esboçou um belo sorriso. Deixando-as a conversar, caminhei para a cozinha e religuei o fogo. A salada estava praticamente pronta, no entanto, fiz questão de caprichar na distribuição do molho dentro do recipiente. Acredito que cosias boas viriam, tendo em vista que minhas melhores amigas agora estavam juntas e bem próximas. Da cozinha, gritei para elas:-Meninas, o que vocês acham de vermos um musical enquanto comemos nosso delicioso lanche logo menos? Apoio de vermos a versão ao vivo de RENT. -  Acabei de por o molho e vi que estavam distraídas demais. Falei novamente a questionar:-Meninas?



thanks little king © cg

____________________


Kurt {Porcelain} Hummel

Star of Two Worlds ★ Sweet and Beautiful Guy ★ Popular  ★ Blaine, My Problem
The Killjoy Never Die! @ CG!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Rachel Berry em Qui 16 Jan 2014 - 21:39


Memories.
It's all coming back to me now.

 - Ficar aqui pro final de semana? Claro que sim Cedes, é mais que bem vinda na nossa casa. - Dizer aquelas palavras tornaram a me fazer bem, uma sensação boa, ainda mínima, porém boa. Eu, Mercedes e Kurt, num mesmo lugar, isso era inacreditável, a alguns anos atrás disputávamos pelo posto de diva do clube do coral - Posto qual certamente eu ganhei -, agora estávamos ali, sentados, matando a saudade, quem diria. Um momento eu estava sorrindo, em uma conversa com Mercedes, noutro já não estava mais ali, minha mente vagava no passado, no meu passado, quando eu era apenas a baixinha irritante e extremamente talentosa do Clube Glee. Ele estava lá, nas minhas memórias mas remotas, pensar no passado era o mesmo que pensar em Finn, até porque tudo em mim estava ligado a ele, ele foi o meu passado. Ver seu rosto em minha mente era a melhor coisa que podia querer, mesmo que ainda estivesse no luto e aquilo rasgasse cada vez mais meu peito, mas vê-lo ali, claro em minha mente me dava a certeza de que nunca me esqueceria dele, conviver com a certeza de que Finn fez parte de mim era a melhor coisa que eu podia querer.

Despertei dos meus pensamentos ao ouvir a voz de Kurt, era nítida a animação em seu tom de voz aveludado, optei por aceitar que todo aquela alegria era pela visita surpresa de Mercedes e por me ver assim, voltando a ser normal. Olhei para ele, ouvindo-o falar sobre a comida que preparava, ligeiramente senti meu estômago doer, já havia olvidado a fome que sentia, a surpresa de ver minha amiga ali era tamanha que aniquilou qualquer outra sensação a não ser a do susto. Mostrei um sorriso a Kurt, um breve e curto sorriso de canto, sabia que o garoto compreenderia aquilo, depois de me ver no pior estado, definhando na cama, chorando a todo instante, aquele sorriso soaria como um bom sinal para ele, seu trabalho estava surtindo efeito afinal, seria melhor que ele pensasse assim.

Por fim, ficamos apenas eu e Mercedes na sala, tratei de entreter-me numa conversa, se ficasse muito tempo calada teria as lembranças de volta, a dor de volta, tudo que menos queria naquele momento era ser a garota frágil, não com hospedes em casa.  - Me conte tudo, Cedes. Estava em Los Angeles, certo? Muitas novidades de lá? Visitou muitos lugares? - Falei, mostrando-me um pouco animada com a conversa, naquelas horas era a que eu agradecia pelo meu maravilhoso dom de saber esconder os sentimentos nos momentos adequados, eu ainda estava um caco por dentro, mas o sorriso fraco em meus lábios diziam o contrário. Novamente a voz de Kurt chamou minha atenção, ele falava algo enquanto Mercedes conversava comigo, tive certa dificuldade de processar as duas coisas de uma só vez, mas ao fim bate uma palma, me pondo de pé.  - Boa ideia, Kurt. Sendo assim, deixaremos que Mercedes escolha ao musical, e nada de interferir na escolha dela. Mamma mia está na última prateleira, faça uma boa escolha. - Ao término do sussurro, mostrei um olhar ameaçador a Mercedes, em seguida sorrindo de canto estregando a brincadeira.  - Vou tomar banho, isso pode demorar então, me esperem, sério. - Afaguei o ombro dela, antes de partir para o corredor, indo direto ao meu quarto, pegando tudo que fosse necessário para minha higiene, indo por fim ao banheiro, uma boa ducha iria me fazer bem, um bom banho podia fazer milagres.

Friends at my home Bushwick Twilight Com xxx  Kurt and Mercedes Tuts <3

Copyright JAYBIRD © 2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Quinn Fabray em Sex 17 Jan 2014 - 0:00

Let's dance!

NYC/OHIO / PARTY! / Let's Go

Cheguei correndo no apartamento,minha pressa era fruto da minha irritação durante o caminho NYADA-Casa. Eu estava precisando de Ohio,daquele lugar onde eu me sentia rainha,e não de New Yokr,que eu era uma donzela qualquer. Abri a porta do apartamento logo reclamando.

- Eu pre-ci-so de Ohio!É sério,vou esse final de sema...

Ao virar para frente vi Kurt e Mercedes, um sorriso largo dominou meu rosto e logo fui abraçar a visita, eu estava feliz por ela estar ali,mesmo sabendo que o motivo era bem triste. Dei um beijo na bochecha dela e então me afastei indo dar um abraço em Kurt

-Que bom te ver aqui! Veio nos visitar Cedes?

Perguntei Indo dar um beijo em Kurt e logo sussurrando em seu ouvido.

-Cadê a Rachel?

Perguntei e logo ajeitei meu cabelo, suspirei olhando para os dois e ao perceber que estava atrapalhando o momento deles logo peguei meu celular e disquei o número de uma agência aérea.
Quando Kurt disse que Rachel estava no banheiro me dirigi a porta do lugar onde ouvi o barulho da ducha.

-RACH! Cheguei! Escuta,adorei sua apresentação lá em NYADA. Eu vou para Ohio,quer ir? Deixa já comprei sua passagem!

Disse quase aos berros para ter certeza que ela iria ouvir,eu não havia comprado nem a minha,mas para não dar tempo para ela negar. Poderia ser doloroso ela voltar para lá,já que sem dúvidas ela iria se lembrar do Finn. Aquela era a nossa casa,ela deveria se sentir bem,e se dependesse de mim ela com certeza iria.
No telefone falando com a atendente logo desliguei berrando para Kurt e Mercedes
-VOU PARA OHIO!!

Eles sem dúvidas não iriam se interessar,então fui para meu quarto arrumar,ou melhor,jogar minhas roupas na mala e partir para o meu lar.  Ao colocar a capinha que carregava meu IPhone passei pela sala quase correndo. Mandei beijo para Mercedes e Kurt

-Vejo você em Ohio! Kurt o seu voou e o da Rachel sai daqui a 6 horas. Não se atrase.

Disse sem dar tempo para os dois responderem,eu estava feliz,e muito animada. Sim,foi um ato impulsivo,sim foi. Mas e não estava me arrependendo. Eu precisava ver minha mãe,e meus amigos. Me senti em casa novamente.
Peguei um táxi e logo fui para o aeroporto.

____________________


Lucy Quinn Fabray
I can taste the tension like a cloud of smoke in the air
Be the good girl you always had to be.Conceal, don't feel, don't let them know.Well now they knowTHANKS, LU.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Rachel Berry em Sex 17 Jan 2014 - 18:02


On my way
I'm going back to the start..

 Eu sabia, como sempre, um bom banho poderia resolver boa parte de tudo. Era quase nítido ver todo o peso de mim escorrer junto a água morna que me banhava, arrisquei até fazer alguns exercícios vocais, ia subindo a voz vagarosamente até que outra voz muito familiar excedeu a minha, mesmo que esta outra voz aparentasse estar longe, os seus gritos tomaram todo o apartamento. Quinn havia chegado afinal. Por onde ela teria andado esse tempo todo? Kurt foi o primeiro de nós três a sair da NYADA, em seguida, achando que ambos já haviam ido, eu me retirei e ainda assim cheguei primeiro que ela. Meu raciocínio foi rapidamente interrompido pelas suas palavras dirigidas a mim. Um largo sorriso se formou em meus lábios ao ser parabenizada pela minha performance na NYADA naquela manhã, já era de costume eu ser parabenizada pelas minhas apresentações impecáveis, mas sempre que alguém me elogiava sentia o orgulho inflar em meu peito. Pus a cabeça para fora do box da banheira, para ter mais exatidão nas palavras de Quinn após a mesma dizer algo sobre Ohio, surpreendendo-me com o final de suas palavras. - O QUÊ? Quinn você está doida? Deveria ter me perguntado antes sobre essa repentina viagem, me espere acabar o banho.  - Pela segunda vez no dia meu sagrado "ritual" havia sido interrompido, eu me sentia suja, mesmo que estivesse ficado trinta minutos debaixo do chuveiro usufruindo dos cremes de banho que havia comprado. Desliguei a água e sai enrolada numa toalha, com uma toca de banho na cabeça, jurando pra mim mesma que se algum deles risse de mim seria facilmente arremessado daquele andar. Minhas passadas pesadas e ligeiras atravessaram ao corredor e logo eu estava na sala de estar, vi Kurt, Mercedes, mas nada de Quinn. - Cadê a Quinn? - Perguntei, meus punhos cerrados, soltei um grunhido e me virei, caminhado ao quarto dela, deparando-me com seu armário aberto e vazio. Ela não havia feito aquilo, não tinha o direito de marcar um voo para mim, justamente para o único lugar da terra onde eu evitaria ir por, no mínimo cem anos.

Após alguns tempo, decide aceitar a realidade, aquela loira descontrolada havia mesmo ido, vesti meu pijama e voltei para a sala, recolhendo um prato feito, recheado de salada e grelhado preparados por Kurt. Logo fui notificada de que nosso tínhamos seis horas antes do nosso embarque. - Kurt, precisa mesmo ir para Ohio, ver como está seu pai e a mãe do ...- Hesitei antes de falar seu nome, não queria toda aquela dor corroendo-me aos poucos, abaixei os olhos para a salada, brincando com o garfo, aquela seria uma longa noite, tinha a difícil tarefa de ir ou não para Ohio. Voltar para a cidade seria bom em certo ângulo, veria meus pais, estava morrendo de saudade deles, porém pisar lá me traria o passado de volta. Enfrentar a dor, ou lutar com ela? pensei, antes de levar a primeira garfada de salada aos lábios, certamente aquela seria uma longa noite.

Friends at my home Bushwick Twilight Com xxx Quinn, Kurt and Mercedes Tuts <3

Copyright JAYBIRD © 2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Rachel Berry em Ter 22 Abr 2014 - 18:06

Indecisiveness.
M
as um dia na gloriosa Nova Iorque. Mas outro dia como qualquer outro da minha estadia na big apple. Isto me incomodava. Acordar antes do amanhecer. Selecionar, treinar e aperfeiçoar alguns solos que eu poderia vir a cantar na NYADA. Faculdade. Bushwick. A mesma coisa, todos os dias, aquela rotina já não enchia meus olhos, precisava urgentemente de novidades. Minha única esperança de uma novidade era um chamado para algum trabalho. Recolhia as cartas a espera de algo dirigido a mim mas sempre algo banal como as novas edições das revistas com novidades da Broadway ou catálogos de produtos de beleza. Porém naquela noite algo me surpreendeu.

Não reconheci o envelope, este contendo meu nome e o endereço correto de onde eu morava. Não era engano afinal. Subitamente o apartamento foi tomado por um silêncio incomum, ou aquilo poderia ser coisa de minha mente. Tudo parecia imóvel, meus dedos deslizavam pelo envelope, meus olhos estavam fixos no mesmo. "Rachel Berry. É o momento. Este é o momento. " Repetia as palavras em mente enquanto abria a carta. Meus olhos ligeiros solveram a carta e bastou uma única frase para me fazer fugir de órbita. Rachel Berry. Você foi escolhida para protagonizar o mais novo musical da Broadway. Glory and Gore.

Ai meu deus. Kurt. Kurt! KURT! Eu consegui. — Meus gritos romperam o silêncio que pairava no pacífico apartamento, se não soubesse que Kurt estava ali, no seu quarto, provavelmente conversando com Elliot, eu suspeitaria que estava sozinha em casa. Kurt chegou em questão de segundos na sala, recolhendo de minhas mãos trêmulas a carta e a lendo em voz alta. Vê-lo ler aquelas palavras parecia tornar tudo mais real, era mesmo verdade, minha hora havia chegado. Broadway. Estava tão atônita que demorei a perceber que Kurt me abraçava, meu corpo girava no ar enquanto ele me parabenizava. Logo meus gritos se mesclaram aos dele e nós parecíamos dois estéricos. — Parabéns, Rach. Nossa, que notícia. Mas então, quando começa os ensaios? Temos que ligar urgente para o produtor e...— Interrompi ele ao chamar seu nome, ele atentamente parou de falar e me encarou com clara preocupação no olhar. — Isso é incrível. Eu sei. Mas, Kurt. Não sei se devo aceitar. Eu sonhei com a Broadway e estou feliz em realizar parte deste sonho, mas eu nasci para ser Fanny Brice. Seria uma realização iniciar minha carreira nos palcos com o papel memorável que emplacou a épica fama de Miss Barbra Streisand. — Era excitante imaginar meu inicio musical em Funny Girl. Cantando Don't rain on my parade para milhares de pessoas e tendo o reconhecimento que mereço desde que nasci. Mas aquela oferta de protagonizar um novo musical parecia indiscutível.  Qualquer pessoa em sã consciência aceitaria de cara a proposta. Por que eu hesitava aquilo? Kurt de imediato começou a me alertar sobre o que eu deveria fazer. Já esperava que ele fosse insistir em que eu aceitasse, que aproveitasse aquilo, mas não era tão fácil. Desistir de um sonho para realizar outro. Estava em um completo dilema e pelo que me conhecia, custaria a sair de tal situação.

*

NOTES: Rachel Berry is at Bushwick Apartament, she's wearning THIS and she is excited but confused because the letter of call to Broadway.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Estar

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum